Clique e visite a landing do Congresso ClienteSA 2022

O canal para quem respira cliente.

CPTM irá adotar tecnologia de planejamento de viagens e escalas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Sistema se propõe a otimizar a alocação dos trens e a geração da escala de trabalho dos maquinistas

A Goal Systems, especializada em software de otimização de planejamento para o setor de transporte de passageiros, se tornou o mais novo fornecedor de tecnologia da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. Após um processo de concorrência internacional, a companhia assinou contrato que tem como intuito aumentar a eficácia no planejamento das viagens dos trens e na gestão das escalas de maquinistas da companhia, resultando na maior eficiência da operação e beneficiando diretamente o passageiro.

O contrato, que terá prazo de vigência de 60 meses, tem como finalidade fornecer o sistema de otimização do planejamento, que será disponibilizado na modalidade SaaS. O sistema irá otimizar o planejamento dos trens, da grade de horários e aprimorar a alocação dos mais de 1.140 maquinistas às atividades de condução e demais serviços da rotina de trabalho de forma mais rápida e eficaz, diminuindo tempo e esforço nessa tarefa. “Além disso, as equipes de planejamento, que até então realizavam o trabalho de elaboração de gráficos e escalas de forma manual, agora poderão desenvolver suas atividades de forma mais rápida com a automatização de grande parte dessas funções”, explicou Romano Garcia, diretor comercial para a América Latina e diretor geral para o Brasil da Goal Systems.

Planejamento e racionalização
Com o contrato, a CPTM passará a integrar as principais atividades do planejamento operacional em apenas uma ferramenta. Agora será possível, em um mesmo produto, elaborar os gráficos de horários contendo a programação de viagens e alocar os maquinistas que irão realizar essas viagens. Além disso, durante a elaboração da escala será possível acrescentar outras atividades dos maquinistas, como férias, realização de exames periódicos, entre outras solicitações. 

O prazo para implantação do sistema em operação assistida é de 9 meses após a assinatura do contrato, visto que é necessário que alguns parâmetros sejam customizados e ajustados de acordo com a realidade das operações. “Durante toda a sua história, a CPTM foi pioneira em diversos avanços no setor metroferroviário, inovando sempre na busca de melhorias para a mobilidade em sua área de atuação. Visando manter esse histórico de modernizações contínuas, focando desta vez em seus processos, para alcançar um novo padrão de qualidade foi contratado o Sistema Gerenciador de Planejamento de Viagens e Escalas, que entra como um grande facilitador da gestão operacional, à medida em que consegue otimizar o uso dos recursos humanos envolvidos diretamente na operação”, afirmou Pedro Moro, presidente da CPTM.

Com 196 km de linhas e 57 estações operacionais, atualmente a CPTM atende 18 municípios e se apresenta como a melhor alternativa para diminuição no problema da mobilidade na Região Metropolitana de São Paulo, a superlotação do transporte público, promovendo constantemente obras de melhoria e modernização do sistema ferroviário por ela administrado.

Para Romano, “esse contrato reafirma nossa capacidade técnica e experiência de 30 anos no mercado, com projetos de variadas dimensões e complexidade. Além do nosso empenho em tornar o transporte mais adequado para os passageiros e facilitar os processos para as companhias de transporte”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima