O canal para quem respira cliente.

Pesquisar
Close this search box.

E-commerce conquista 14 milhões de lares no Brasil

Estudo da Kantar revela insights do relacionamento dos consumidores com as opções de canais disponíveis

O consumidor brasileiro tem feito escolhas que impactam diretamente o cenário de canais. Em 2024, por exemplo, as missões menores começam a estabilizar e o abastecimento se fortalece. É o que aponta o estudo “Consumer Insights Q1 2024”, produzido pela Kantar, especializada em dados, insights e consultoria. Com a maior estabilidade na ominicanalidade, a perda em penetração afeta todos os canais, exceto o e-commerce. No longo prazo, o meio ganhou 1,4 p.p. de penetração, totalizando cerca de 14 milhões de lares no Brasil. Nesse contexto, os novos compradores foram os que mais impulsionaram o volume por viagem (alta de 32,3%), enquanto os repetidores foram os mais fiéis (frequência de 6,1 visitas).

As compras via e-commerce foram feitas, principalmente, por meio de sites ou aplicativos dos varejistas (representaram 54% em valor), e as cestas apresentaram 10% mais categorias em comparação ao ano anterior, sendo as marcas econômicas as preferidas dos consumidores (51,3% em volume).

Em relação aos outros canais, os brasileiros apresentaram posturas diferentes para poder aproveitá-los da melhor forma. Para missões de abastecimento e reposição, os consumidores preferiram os atacados, os supermercados, os hipermercados e o varejo tradicional. Eles foram frequentados, principalmente, entre o 1º e o 10º dia do mês, com destaque para as cestas de limpeza, commodities e perecíveis.Já para as ocasiões de urgência, foram escolhidos Porta a Porta, Perfumarias e Farmácias. Esses canais foram frequentados, principalmente, entre o 11º e o 20º dia do mês para suprir as cestas de Higiene & Beleza e Medicamentos. “Independentemente da missão, um aspecto é unânime: houve uma maior percepção de promoções entre os compradores na comparação entre 2023 e 2024”, comentou Desiree Wichineski, gerente de soluções avançadas da Kantar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima