Quem registrou aumento de pedido na pandemia?

Setores de brinquedos, supermercados e artigos esportivos apresentaram crescimento expressivo no e-commerce

0
2

Os seis setores que mais se destacaram no e-commerce por conta do Covid-19 são brinquedos (crescimento de 643,05%); supermercados (448,09%); artigos esportivos (187,90%); farmácia (74,70%); games online (58,46%) e aplicativos de entrega (55,66%). É o que aponta estudo realizado pela Konduto, que mostra os segmentos do comércio eletrônico nacional que apresentaram crescimento expressivo de pedidos entre 15 e 24 de março em comparação aos dez primeiros dias do mês devido ao impacto da crise do novo coronavírus.

“O crescimento de segmentos que vendem produtos básicos on-line, como farmácias e supermercados, já era esperado diante das medidas de quarentena e isolamento. Por outro lado, os consumidores se preocuparam em garantir entretenimento para todas as idades no período, vide o avanço de brinquedos e games online”, diz Tom Canabarro, CEO e cofundador da Konduto. Em relação aos artigos esportivos, o resultado mostra que as pessoas foram atrás de meios para manter a forma dentro de casa, já que academias e parques de várias cidades foram fechados. “Houve um aumento considerável de pedidos por produtos que vão desde halteres, colchonetes e tapetes de ioga até equipamentos como elípticos e bicicletas ergométricas”, conclui.