Startup de análise de crédito chega ao Brasil

0
3
A Wecash chega ao Brasil com a aposta na união entre ferramentas tecnológicas avançadas e um modelo disruptivo de negócios para avaliação de crédito. Gratuito para instituições financeiras, o Relatório Wecash avalia inúmeras dimensões do relacionamento da pessoa com o dinheiro, que fica pronto em 15 minutos ou menos. Por ser gratuito, ele garante uma economia aos bancos e instituições financeiras, além de ter outros benefícios subjacentes, como dados pessoais validados de forma aprofundada.
O Chief Operating Officer (COO) da Wecash, o brasileiro Roger Madeira, e também responsável pela expansão da empresa na América Latina, explica que o próprio processo de remuneração da empresa é uma demonstração de confiança na eficiência do sistema de avaliação de crédito. Segundo ele, quando a Wecash emite o relatório a respeito de uma pessoa para uma instituição financeira e esse cliente é aprovado para receber o empréstimo, a empresa só passa a receber uma comissão dos bancos à medida que o tomador de crédito pague as prestações assumidas. “A Wecash só é remunerada em caso de sucesso mensal da operação”, completa. 
 
Graças a este modelo, a Wecash já conta com mais de 63 milhões de usuários ativos e um valor de mercado próximo a R$ 1 bilhão. A empresa possui unidades nos Estados Unidos, China, Indonésia, Vietnã e Brasil. Para alcançar tais resultados, a empresa construiu uma infraestrutura tecnológica para extrair, processar, relacionar e validar mais de oito mil variáveis e dados sobre cada consumidor em tempo real. Isto é feito com o suporte de uma plataforma integrada de avaliação de crédito e análise de risco que combina Inteligência Artificial, Machine Learning, Computação Cognitiva, Modelos Computacionais de Predição de Risco, Blockchain, Big Data, Mineração de Dados, Psicometria e Computação em Nuvem. O produto extraído da plataforma, ou o Relatório Wecash, contém então milhares de informações extraídas de múltiplas fontes, como as relações sociais e familiares, os hábitos de consumo e gerenciamento financeiro, além de milhares de dados comportamentais.