O canal para quem respira cliente.

Callink cria podcast via assistente virtual

Luis Diego de Oliveira, coordenador de dados da Callink

Com uso de inteligência artificial, novidade faz parte dos incrementos na persona Boris, plataforma de comunicação com as equipes

A apresentação de fatos relevantes por voz, em edições semanais recebidas diretamente em canais de comunicação e interação, é a mais recente novidade do Boris, o assistente virtual criado pela Callink para otimizar a gestão de dados das operações. “A cada dia estamos mais envolvidos com a inteligência artificial em variadas situações de nosso cotidiano, e nos processos e rotinas empresariais não é diferente. Essa tecnologia tem tido um papel cada vez mais relevante para os negócios, incluindo o acompanhamento de indicadores, e agora até mesmo a identificação e anúncio de fatos extraordinários das operações de telemarketing por meio de um podcast”, explicou Luis Diego de Oliveira, coordenador de dados da Callink.

O podcast elaborado por meio do Boris é enviado aos clientes da empresa toda segunda-feira. Trata-se de informações tratadas como fatos extraordinários e relevantes relacionados à semana anterior. Esta apuração leva em conta o comportamento dos dados, gerando comparações e indicadores que servem para destacar o que chamou atenção naquele período. 

A nova funcionalidade do Boris é resultado do uso da IA, utilizada para fazer varredura nos dados e gerar complicações, identificando o que merece destaque e deve entrar no informativo. Apenas no mês de maio, o Boris recebeu mais de 113 mil interações, de quase 800 usuários ativos, que recebem toda segunda-feira o material em formato de áudio pelas principais plataformas de comunicação, como WhatsApp, Telegram, Teams e Hangout. 

“A ideia surgiu do objetivo de ter uma ferramenta que converse com o nosso cliente, que leve informações, por meio da IA, como ele costuma falar com o mundo externo. Não queríamos algo frio no padrão tradicional dos relatórios do mundo corporativo, mas algo que seja semelhante ao que quem recebe vive no dia a dia”, destacou o coordenador, lembrando que o podcast mostra sempre algo que mudou dentro do indicador da operação, naquele período semanal. “O indicador que teve destaque aparece no podcast, pois se torna um fato extraordinário e relevante. São variações, maior volume do mês, o que chamou atenção, e ainda alertas de situações que devem ser acompanhadas, como por exemplo uma não conformidade NR17, algum treinamento que deixou de ser feito”.

Na parte prática, a produção do podcast é todo por meio da IA, com a identificação dos conteúdos e alocação dos mesmos em templates de textos, narrados de uma maneira simples e que se mistura à voz humana, com a inserção dos fatos, indicadores e números, além do nome da operação em questão.

Sobre a reação dos clientes, o diretor de novos negócios da Callink, Raphael Cunha, destaca que tem sido positiva. “Temos recebido feedbacks muito positivos, pois as pessoas se encantam com a forma inovadora de terem acesso a estas informações relevantes, podendo ouvir em diferentes locais e momento, já que recebem o podcast direto nos canais de comunicação que tem interação com o Boris, e com as demais pessoas no dia a dia. Já recebemos até mesmo proposta de aquisição da solução para uso em empresas fora da Callink, mas esta é uma ferramenta exclusiva para nossos clientes. A maioria das pessoas esperam ouvir um robô neste podcast, mas se surpreendem ao receber um áudio totalmente humanizado”. 

A solução está disponível para representantes dos clientes, que fazem a interface com a Callink, assim como diretores, gerentes, coordenadores e supervisores que acompanham as rotinas diárias. A segurança dos dados é garantida por meio de filtros criados com base em quatro paradigmas, considerando a localização do acesso, o meio e o usuário, com a verificação da liberação de interação. Depois do acesso, ainda tem verificações quanto aos níveis e abrangência da informação que pode ser disponibilizada. Além disso, existem camadas de segurança para garantir o tipo de dado enviado por usuários, e o controle de não vazamento ou entrega indevida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima