NEC deve crescer acima das metas

0
2



A NEC Brasil, provedora de soluções convergentes de redes de comunicação e tecnologia da informação, celebra 40 anos de atuação no Brasil, com crescimento acima do esperado, em 2008, e importantes investimentos na ampliação do portfólio para o próximo ano. “Este foi um ano muito bom para a NEC Brasil. Devemos encerrar o período com um resultado acima das metas anteriormente definidas pela companhia, apesar do cenário econômico atual”, afirma Herberto Yamamuro, presidente da NEC Brasil. “Em algumas áreas, alcançamos um crescimento acima do projetado para o mercado de telecomunicações, que foi de 18%, o que nos motiva a investir cada vez mais localmente”, completa o executivo, destacando que a projeção de crescimento para 2008 é de 27%.

 

Para manter o desempenho positivo no próximo ano e alcançar os objetivos definidos no plano Phoenix 2.0 – dobrar o tamanho de sua operação em quatro anos, chegando a um faturamento US$ 600 milhões localmente e US$ 1 bilhão na América Latina -, a NEC manterá os investimentos locais e apostará em tecnologias inovadoras. “Acreditamos que a importância das redes de comunicação está cada vez mais atrelada à expectativa do usuário final e sua demanda por novos serviços de convergência. Deste modo, estamos nos preparando para apoiar nossos clientes na criação de novas soluções para incremento de suas ofertas e maior competitividade”, explica Yamamuro.

 

A partir do primeiro semestre, a NEC disponibilizará para as operadoras brasileiras de telecomunicações o OSS – Sistema de Suporte às Operações (Operating Support System), uma solução fim-a-fim, que permite a estas empresas monitorarem e gerenciarem as redes. Proveniente da aquisição da NetCracker, o OSS permite a transformação do ambiente de operações visando obter maior eficiência e agilidade no fornecimento de novos e complexos serviços de conteúdo em aplicações como IPTV e Mobile TV.

 

“Neste momento, estamos repensando os fundamentos que originaram e suportaram a existência da nossa indústria. A história mostra como as telecomunicações foram importantes para integrar e desenvolver a sociedade até o momento, principalmente em nosso país que possui dimensões continentais. Hoje, não podemos mais pensar no nosso dia-a-dia sem os aparelhos celulares, Internet, correio eletrônico e computadores”, explica o presidente da NEC Brasil. “O próximo desafio da indústria de tecnologia da informação e comunicação será suportar o desenvolvimento da sociedade ubíqua e da inclusão digital de forma ampla e irrestrita”, completa.

 

Neste cenário, para o mercado corporativo, a companhia aposta em uma nova oferta na área de comunicação unificada (UC – Unified Communications). A empresa lançará ainda no primeiro trimestre de 2009, uma linha totalmente desenvolvida em IP para corporações, incluindo novos terminais e soluções de FMC (Convergência Fixa-Móvel). Entre as novidades, está a plataforma de comunicação SV série 8000.

 

Outras novidades que devem chegar ao Brasil voltadas para este segmento são parte da oferta da NEC Sphere Communications. Trata-se de software e aplicativos de comunicação empresarial, projetado para trabalhar com padrões abertos – SOAP, XML e SIP. As novas ferramentas possibilitam uma plataforma estável para o desenvolvimento de aplicativos de comunicação, alinhados com os conceitos de SOA (Arquitetura Orientada a Serviço).

 

Já na área de TV Digital, a NEC oferecerá um portfólio para as empresas de Broadcating, incluindo desde de transmissores até equipamentos para estúdio. Além disso, ao longo do ano, a empresa estará implementando plataformas próprias de tecnologia da informação na composição das soluções, como a oferta de servidores Fault-Tolerant (Tolerantes a Falha), Network Storage (Armazenamento em Rede). As novas tecnologias permitirão o desenvolvimento de soluções de Grid Computing e para o VPCC (Virtual PC Center).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSulAmérica lança portal Wap
Próximo artigoVarejo não sente a crise