Seja claro!

0
3
Autor: Ricardo Barbosa

Preocupar-se com a comunicação é tarefa para qualquer profissional, sendo um dos pontos cruciais para o sucesso. A comunicação não deve englobar apenas questões relativas a comunicação verbal, isto é como se fala ou escreve, mas também deve englobar as comunicações não verbais, como as expressões faciais, contato visual, postura, gestos e vestimentas.

A comunicação não verbal influencia negativamente nos relacionamentos e nos negócios, um exemplo é uma pessoa que está sempre com cara de brava, e querendo ou não, passará uma imagem para as outras pessoas de que não devem se aproximar a menos que seja urgente. Assim, todos os atos e as posturas devem ser pensados e direcionados para os resultados que se busca.
A comunicação verbal é ainda mais relevante, e é uma grande dificuldade para muitas pessoas. Para ajudá-las, há várias técnicas de como falar em público, de redação empresarial e comunicação corporativa.
A grande dificuldade é que grande parte dos profissionais não percebem suas dificuldades nessas áreas, se acham autossuficientes e quando percebem que há um problema, já enviaram um e-mail crucial com erro básico ou mesmo demonstraram falhas em uma apresentação corporativa.
A comunicação verbal e as técnicas de redação passam por constantes modificações, fazendo com que os especialistas sobre o tema busquem uma reciclagem, além de obter novos conhecimentos e aperfeiçoar possíveis falhas.
A dica é: pare pelo menos uma vez no ano para uma avaliação, filme uma apresentação que realizou, reveja criticamente alguns textos (relatórios ou e-mails) que enviou e também avalie sua postura perante aos outros. Questione como está sua comunicação, seja com clientes, seja com o público interno. Será que está sendo claro em suas mensagens? Existem erros?
Estas são apenas algumas questões que devem ser levantadas. Após este processo é fundamental que sejam tomadas ações corretivas em busca de aperfeiçoamento, as opções são muitas e tudo dependerá do resultado de sua auto avaliação. Para quem não observou grandes problemas, pesquisas, leituras e treinamentos podem surtir grandes resultados.
Mas se observar que a situação é crítica, recomendo buscar especialistas. Podem ser treinamentos com técnicas de redação, redação comercial, como falar em público ou até mesmo um coaching pessoal. Não se deve permitir que estas falhas continuem, pois elas serão limitadores de seu crescimento profissional.
Ricardo Augusto Moreira Barbosa é diretor executivo da Innovia Training & Consulting.