Aproveite. Ainda dá tempo de inscrever seu case

O canal para quem suspira cliente.

Distrito lança programa para fomento de iniciativas com uso de IA generativa

Iniciativa propõe reunir startups selecionadas, empresas inovadoras, fundos de venture capital  e provedores de tecnologias para desenvolvimento de soluções

O Distrito, plataforma de tecnologias emergentes que atua na América Latina, anunciou o lançamento do GenAI Lab, programa cujo objetivo é unir startups, grandes empresas, provedores de tecnologia e investidores para o desenvolvimento de soluções a partir do uso de inteligência artificial generativa. “Pretendemos promover o desenvolvimento de startups e aplicações de soluções de AI em corporações por meio de capacitação, criação de novos produtos, validação de soluções existentes, compartilhamento de conhecimento e, principalmente, geração de oportunidades de negócios entre os participantes”, explicou Gustavo Gierun, CEO e fundador do Distrito. 

De acordo com o executivo, o GenAI Lab terá a sua sede no prédio do Distrito, em São Paulo, e deverá abrigar, pelo menos, 20 startups e mais de 20 parceiros entre provedores de tecnologia e serviços e grandes empresas.   Contará, também, com alguns dos mais conceituados fundos de Venture Capital da América Latina, que atuarão como mentores dos empreendedores em assuntos como captação de recursos, desenvolvimento de produtos, modelos de negócios, estratégia de vendas, entre outros. “Será uma chance de conectar empresas que tem como objetivo aplicar, na prática, soluções de AI generativa para gerar eficiência operacional, novos pilares de receita, melhorar a experiência do cliente ou gerar insights e inteligência baseados em uma grande massa de dados, informações e documentos.  O Lab será uma importante fonte de oportunidades de investimentos e insights para Softbank, Riverwood, Alexia, Domo, Maya, Astella, Volpe e Norte”. 

Fortalecimento do ecossistema

Gustavo lembra que, segundo dados da McKinsey, até 2030 a AI generativa vai automatizar mais de 30% dos empregos, impactando diversos setores. “O poder disruptivo dessa nova tecnologia é evidente. Agora, é fundamental construir habilidades técnicas, estratégias e produtos para nos adaptarmos à nova realidade. Por isso, o GenAI Lab irá receber visitas de corporações interessadas no tema semanalmente com objetivo de fortalecer este ecossistema”. 

As startups que integram o programa passaram por um criterioso processo de seleção pelo time de curadoria do Distrito, do 1° GenAI Challenge, que identificou mais de 400 empresas, além de indicações dos apoiadores e fundos. Cerca de 14 startups já foram selecionadas e o programa ainda buscará eleger mais 10 a 12 participantes. O início das atividades está previsto para janeiro de 2024. “A iniciativa será apoiada por grandes empresas de tecnologia, que serão anunciadas nos próximos dias, além de corporações de diversos segmentos. O Grupo FCamara e KPMG já confirmaram as suas participações. A fintech Conta Simples será a provedora oficial de serviços financeiros, cartão de crédito corporativo e gestão de despesas do programa”, complementou o CEO. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima