Grupo Santander patrocina inclusão social

0
13



A partir de 07 de março, o Grupo Santander Brasil, que reúne os bancos Santander e Real, em parceria com a Pinacoteca do Estado de São Paulo, apresenta a exposição Convivência, com cerca de 140 trabalhos entre desenhos, colagens e gravuras, feitos por pessoas em situação de rua das casas Oração do Povo da Rua e Porto Seguro, localizadas no centro da capital paulista.

 

Essa é uma das ações inseridas no Projeto Museu para Todos, patrocinado pelo Grupo Santander Brasil e realizado pelo Núcleo de Ação Educativa da Pinacoteca do Estado. A iniciativa faz parte do Programa de Inclusão Sociocultural (PISC) que promove, por meio da prática, percepção e reflexão artística, encontros e trocas entre instituições e pessoas que vivem em situação de extrema vulnerabilidade social.

 

“Acreditamos que o compartilhamento de valores culturais com os mais variados grupos é um caminho para a construção da cidadania e do orgulho de pertencer, propiciando uma visão abrangente do homem, do mundo e das relações socioambientais em nossas vidas”, comenta Fernando Byington Egydio Martins, diretor executivo de estratégia da marca e comunicação corporativa do Grupo Santander Brasil.

 

Participaram do projeto 30 pessoas que se encontram em situação de rua no centro da cidade e que, desde março de 2008, frequentam as oficinas semanais que acontecem nas casas de convivência, com visitas educativas regulares à Pinacoteca, conjugando prática e reflexão sobre a arte. O trabalho foi organizado em diferentes módulos sequenciais, partindo do desenho em seu significado mais amplo para chegar às técnicas gráficas como monotipia, tipografia, serigrafia e xilogravura. Ao mesmo tempo, além das visitas educativas ao museu, foram realizados encontros para relacionar a criação de imagens com a criação de textos.