Hospital Santa Catarina oferece modelo híbrido de atendimento

Chamado de Tele Reavaliação, modelo tem aprovação de 92% dos pacientes 

0
18
Milton Inoue, gerente médico do Hospital Santa Catarina - Paulista
Milton Inoue, gerente médico do Hospital Santa Catarina - Paulista

Visando a melhoria da jornada do paciente no atual cenário criado pela pandemia, o Hospital Santa Catarina – Paulista iniciou o atendimento híbrido, que compreende a primeira etapa presencial e a reavaliação digital à distância. O modelo inédito, nomeado ‘tele reavaliação’, está em fase teste e já evidenciou 92% de aprovação entre os usuários. No momento, o serviço fica disponível para os pacientes com baixa complexidade que são atendidos presencialmente no Pronto Atendimento e realizaram exames laboratoriais e de imagem.

Para garantir a qualidade e segurança do recurso, os pacientes candidatos da tele reavaliação passam por um novo processo de triagem onde é utilizado o National Early Warning Score, ou NEWS, para estratificar o risco de deterioração precoce. Nos casos em que este risco não está presente, o paciente pode ser liberado logo após a realização dos exames para ser reavaliado virtualmente e, assim que os resultados estiverem disponíveis, a Instituição enviará um link de acesso a estes dados por mensagem ou e-mail, além de instruções para o agendamento de uma consulta de retorno, que poderá ser à distância.

De acordo com Milton Inoue, gerente médico do Hospital Santa Catarina – Paulista e responsável pela equipe que implantou o projeto, “o método garante uma compreensão ágil de cada caso atendido pela unidade e consegue determinar se o indivíduo deve permanecer no hospital para um tratamento imediato, ou se está liberado para receber seus resultados via dispositivo móvel ou computador. Aqueles que foram autorizados a aguardar à distância, podem, até mesmo, agendar consultas de acompanhamento através dos serviços de telemedicina que já eram oferecidos anteriormente”.

O modelo de tele reavaliação surgiu com o objetivo de melhorar a experiência dos pacientes durante a passagem pelo pronto socorro. Entre janeiro e fevereiro deste ano, a unidade de Pronto Atendimento (PA) do HSC conduziu uma pesquisa de satisfação que evidenciou oportunidades de melhoria no tempo de permanência de visitantes no ambiente hospitalar a fim de mapear a satisfação do cliente. A partir destes dados, foi idealizado o modelo de tele reavaliação para a redução deste prazo, com foco na satisfação, qualidade, segurança e humanização. Após a implementação da plataforma, o tempo de permanência no pronto socorro teve uma queda em torno de 50%.