Nokia lança assistente digital

0
2
A Nokia criou um assistente digital customizado para melhorar a eficiência das operadoras de telecomunicações, oferecendo aos engenheiros um acesso mais rápido a informações críticas. Desenvolvido pela plataforma de serviços cognitivos Nokia AVA e sustentado pela expertise da Nokia em serviços, o Mika, Multi-purpose Intuitive Knowledge Assistant, vai oferecer assistência automatizada por comando de voz, para reduzir o tempo gasto na busca de recursos de informação, tornando possível aos operadores focar em tarefas-chave para o negócio, sem a distração das complexidades dos ambientes de rede multi-tecnológicos.
 
O assistente digital foi ´treinado´ especificamente para a indústria de telecomunicações e combina inteligência aumentada com aprendizagem automatizada para oferecer acesso a uma extensa gama de ferramentas, documentos e fontes de informações. Tal gama inclui a biblioteca Nokia AVA, repositório das melhores práticas, reunidas a partir de projetos realizados pela Nokia em todo o mundo.
“Encontrar a informação certa é um desafio diário para engenheiros de telecom que trabalham para incrementar a qualidade da rede. Mika explora o poder da plataforma Nokia AVA de fornecer respostas precisas, evitando o desperdício de tempo de buscas infrutíferas. O assistente digital está customizado para atender às necessidades específicas das empresas de telecom e pode produzir recomendações baseadas na experiência com redes por todo o mundo”, comenta Igor Leprince, diretor de serviços globais da Nokia.
SUPORTE PREVENTIVO
Além de lançar MIKA, a Nokia apresenta Predictive Repair, serviço que permitirá a operadoras reduzir custos e melhorar a qualidade da rede, pelo abandono de suportes técnicos de tipo break-fix, empregados na manutenção de hardware. A assistência pode prever falhas de hardware e recomendar substituições com até 14 dias de antecedência e 95% de precisão. As recomendações permitirão às operadoras crescer em eficiência, por evitarem visitas presenciais desnecessárias, esforços desperdiçados em operações, inventários em excesso, e falsos retornos de tipo ´Nenhuma falha encontrada´. Com a aplicação dos algoritmos de machine learning do Nokia Bell Labs para prever falhas, o foco fica em módulos mais acessados que geram uma cota significativa de transações de assistência técnica. O serviço está disponível para operadoras que usam equipamentos de 3G e 4G da Nokia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMigração para cloud
Próximo artigoGartner destaca Pitney Bowes