Aproveite. Ainda dá tempo de inscrever seu case

O canal para quem suspira cliente.

O impacto do pagamentos por biometria na experiência do cliente

Hiroshi Hashimoto e Tobias Puehse

Em evento da NEC, a Mastercard apresenta os benefícios para varejistas e usuários, reforçando a importância de oferecer comodidade, segurança e respeito à privacidade

A Mastercard anunciou que, durante a NEC Visionary Week 2022, pôde apresentar o Programa Global de Checkout Biométrico de Pagamentos, que resulta de todo um processo de evolução dos meios de pagamento nas últimas décadas. A apresentação foi feita dentro do painel “NEC I:Delight – Futuro do pagamento e experiência do cliente”, no qual foram discutidas a evolução das formas de pagamento e a tendência de uso de soluções biométricas de reconhecimento facial, impressões digitais e íris para garantir maior comodidade, praticidade e segurança ao consumidor na era digital. Foram apresentados, também, os benefícios para os parceiros de negócios e outros stakeholders, como comerciantes e empresas de serviços, que têm nessa tecnologia uma importante ferramenta para inovar, conquistar e fidelizar os clientes.

De acordo com Tobias Puehse, vice-presidente de gerenciamento de produtos de última geração da Mastercard, sua missão é criar produtos com alta escalabilidade para o setor varejista e seus consumidores, utilizando as melhores ferramentas digitais para pagamento em e-commerces e lojas físicas. “Meu objetivo é oferecer aos clientes escolhas relevantes de como, quando e onde interagir nos pontos de venda, levando o melhor do digital para a loja física e tornando as informações e credenciais portáteis em todos os pontos de contato”.

Segundo ele, há anos, as novas tecnologias de pagamento da empresa têm ajudado os varejistas a inovar e criar modelos de negócios modernos, propiciando experiências mais satisfatórias aos consumidores. “Isto ocorre desde o lançamento dos cartões de crédito na década de 50, passando pela fase de impressão manual, pelas tarjas magnéticas, chips eletrônicos com ampla capacidade de armazenamento, carteiras digitais e apps, que viabilizaram os pagamentos por smartphones, até chegarmos hoje na nova geração de pontos de interação, que visam acelerar a experiência digital em lojas físicas e on-line”.

O objetivo da Mastercard, na concepção de Puehse,  “é integrar um ecossistema robusto de colaboração com parceiros de negócios, como a NEC, para desenvolver soluções de pagamento cada vez mais seguras e eficientes, que ajudem a fomentar uma maior interação com os consumidores ao longo da jornada de compras gerando mais lealdade e personalização dos serviços”. 

Padrão de qualidade mundial

A Mastercard está desenvolvendo esse projeto de pagamento por biometria há dois anos e, nesse período, se dedicou a definir padrões de qualidade mundial, com múltiplas camadas de segurança, que incluem tokenização e gestão de privacidade, bem como alta performance, fim a fim. “Queríamos ter certeza da integridade da nossa solução, que agora está madura, o que nos possibilita assegurar que estamos prontos a atender às expectativas dos clientes em termos de desempenho e de proteção de seus dados e privacidade, além de auxiliar os comerciantes na redução de riscos e fraudes. Por isso, somos hoje grandes defensores de seu uso para substituir senhas na autenticação de titulares em transações on-line”, detalhou, por sua vez, Qing Cao, vice-presidente de inovação de produtos de biometria da Mastercard. 

Os progressos obtidos pela Mastercard, na avaliação de Qing, são significativos considerando-se que no início de seu projeto não havia um padrão estabelecido para uso seguro da biometria nos pontos de vendas, apenas muitas soluções proprietárias, distribuídas em silos fragmentados. “Hoje, podemos dizer que a biometria é o sistema de identificação que promoverá uma revolução nas formas de pagamento e no uso do dinheiro no futuro”.

Projeções recentes mostram que a biometria assegurará o pagamento de mais de 3 bilhões de dólares em transações digitais. Isso ocorrerá porque parte dos consumidores mundiais já considera a biometria uma opção de pagamento assertiva, conveniente e de segurança avançada. “Em breve, as pessoas poderão sair de casa para ir às compras sem precisar levar carteira, cartões de crédito e débito ou devices, observou Qing.

A importância da colaboração 

“Desde o princípio, eu considero a Mastercard uma ótima parceira de negócios, porque temos uma visão sinérgica do futuro da biometria e suas inúmeras possibilidades, bem como enfrentamos juntos algumas ambiguidades para avaliar quais são as melhores alternativas para implementação dessa tecnologia”, destacou Daichi Iwata, produtor executivo de negócios da NEC. 

“Em uma era digital repleta de novos produtos, serviços e oportunidades, a identificação digital é a chave de inclusão mais eficiente e segura. A NEC trabalha com soluções de reconhecimento fácil, de impressões digitais e de leitura de íris, entre outras formas de identificação biométrica, cujo intuito é criar valores e serviços disruptivos em parceria com empresas dos mais variados setores. São soluções desenvolvidas para beneficiar empresas e mercados com tecnologias abertas e confiáveis, visando a maximização de impacto social e garantir a liberdade de escolha de cada indivíduo”, disse Hiroshi Hashimoto, vice-presidente sênior da NEC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima