Poupatempo chega a 6,8 mi de atendimentos digitais em 2021

Foram mais de 2 milhões de serviços realizados pelo portal e app só no mês de abril, maior registrado em pouco mais de um ano de pandemia

0
29
Murilo Macedo, diretor da Prodesp
Murilo Macedo, diretor da Prodesp

Concluir serviços de forma digital se tornou a principal opção para o cidadão que busca pelos atendimentos do Poupatempo. Seja pela segurança, rapidez e praticidade, as facilidades estão à disposição na palma da mão, pelo celular ou computador, com conforto e comodidade, sem a necessidade de deslocamentos. Só nos quatro primeiros meses deste ano, o Poupatempo contabilizou mais de 6,8 milhões de serviços virtuais, o que representa cerca de 84% do total de 8,1 milhões totais registrados pelo programa. Em abril, um recorde: mais de 2 milhões de atendimentos online. O maior registrado em pouco mais de um ano de pandemia.

Sem sair de casa, são 133 opções disponíveis para os cidadãos pelo portal www.poupatempo.sp.gov.br, aplicativo Poupatempo Digital e totens de autoatendimento. As funcionalidades implantadas mais recentemente foram Desbloqueio de veículos: de aluguel e com bloqueio judicial. Entre os serviços mais procurados pelas plataformas digitais do Poupatempo, estão os relacionados ao Detran.SP, como pesquisa de pontuação, habilitação, licenciamento, e as funcionalidades da vacinação contra a Covid-19, além da emissão do Atestado de Antecedentes Criminais, consulta de IPVA, entre outros.

Um ano do app
Só pelo aplicativo Poupatempo Digital foram 6 milhões de serviços contabilizados em 2021 e mais de 10,5 milhões desde o lançamento, em maio de 2020. Em um ano, o app já foi baixado quase 5 milhões de vezes, pela Play Store ou App Store. Com o objetivo de ajudar os cidadãos que tenham dúvidas, o portal do Poupatempo disponibiliza vídeos tutoriais e cartilhas orientativas, com o passo a passo das principais solicitações digitais.

“O objetivo do Governo de São Paulo é trazer ainda mais facilidade para a vida do cidadão, possibilitando que todos tenham um Poupatempo na palma da mão, para economizar tempo e preservar a saúde, neste momento de pandemia”, explica Murilo Macedo, diretor da Prodesp – empresa de Tecnologia do Governo de São Paulo, que administra o Poupatempo em todo o Estado. Para que isso seja possível, a Companhia investe em tecnologia e trabalha na ampliação e aprimoramento dos atendimentos digitais. Ainda este ano, a meta é chegar a 180 serviços online e a mais de 240 até 2022.

Seguindo as diretrizes do Plano São Paulo, os postos do Poupatempo estão abertos para atendimentos presenciais apenas para realização de serviços que ainda não podem ser feitos online. Entre as medidas sanitárias adotadas neste momento, estão a obrigatoriedade do uso de máscara, medição de temperatura, higienização das mãos com álcool em gel e dos calçados com tapete sanitizante, além da redução na capacidade de atendimento, com apenas a oferta de serviços que necessitem da presença do cidadão para serem concluídos.

“Diante da nossa realidade, ainda é muito importante que as pessoas analisem a necessidade de se deslocarem às unidades neste momento, para que possamos atender com segurança todos os que têm urgência na conclusão de seus serviços por motivos inadiáveis, como acesso a atendimento de saúde, por exemplo”, finaliza o diretor da Prodesp, Murilo Macedo.