Clique e visite a landing do Congresso ClienteSA 2022

O canal para quem respira cliente.

A importância da inovação

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
É possível inovar para melhor atender aos clientes? Respondo que não somente é possível, como é essencial que se inove para conquistar e reter clientes. A inovação é um valor cada vez mais presente nas empresas. Inovar é se diferenciar em um mercado de intensa competição. A inovação se transforma em diferencial competitivo quando a empresa apresenta a sua proposta de valor para o cliente e ele então percebe que não existe algo igual nos concorrentes.
A inovação não precisa necessariamente ser um novo produto ou serviço. Você pode encantar o cliente oferecendo um atendimento especial, uma forma de pagamento diferente do usual ou um serviço adicional que você agrega ao produto. O que o cliente procura é o valor agregado ao produto ou serviço que você oferece. Por isso, o empresário deve ter bem claro os conceitos de expectativa, hábitos, preferências, necessidades, alternativas e poder dos clientes e procurar introduzir em seus produtos ou serviços o conceito de valor de forma a atender uma ou mais das características de seu cliente.
O cliente, no ato da compra, estabelece em sua mente essa relação que muitos chamam de custo/benefício. A decisão da compra e a satisfação do cliente em fazer um bom negócio residem no fato dele considerar que o valor do produto ou serviço adquirido é superior ao seu preço. Portanto, inovar criando propostas de valor para o cliente é a estratégia mais eficaz que o empresário pode adotar para a gestão de sua carteira de clientes. Quando falo de proposta de valor, não me refiro à redução de preço. O cliente olha valor, não preço.
Assim, é extremamente importante compreender como os clientes se comportam em cada etapa do processo de decisão de compra para garantir o sucesso da empresa. Compreendendo esses detalhes, fica mais fácil para formatar uma estratégia de gestão que criará o conceito de valor e, consequentemente, a demanda para o seu produto ou serviço, bem como formatar a estratégia comercial que influenciará o cliente a identificar esse valor nos produtos e serviços da empresa.
O produto ou serviço deve ter características que signifiquem benefícios, mas esses benefícios têm que ser percebidos pelo cliente e não por quem o está vendendo.
Sérgio Dias é economista, consultor de empresas, roteirista, palestrante, instrutor, sócio da Sdias Consultoria e prestador de serviços de consultoria no Sebrae/RJ.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A importância da inovação

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



O Brasil precisa investir mais em inovação para alcançar uma posição sustentável e consolidada entre as principais economias globais. Esta é a principal conclusão do novo estudo da Roland Berger Strategy Consultants, consultoria em gestão empresarial. Intitulado “A década do Brasil”, o trabalho analisa o desempenho da economia do País e quais são os pontos de melhoria para alavancar o crescimento nacional.

 

“O potencial do Brasil é baseado em fortalezas únicas e grandes oportunidades”, avalia  Rodrigo Dantas, co-managing partner da Roland Berger. De acordo com o executivo, o País apresenta uma combinação única de quatro fatores para promover um crescimento econômico sustentável: demanda doméstica, mercado de capitais, política e programas de infraestrutura.

 

Se por um lado o cenário econômico favorece o crescimento do Brasil, os investimentos em inovações não são suficientes para sustentar o desenvolvimento.  A falta de incentivos já apresenta impactos negativos. De acordo com o Global Innovation Index 2010, o País caiu da 50ª para a 68ª posição no ranking mundial de inovação de 2010. Dentre os países da América Latina, foi apenas o 7º colocado, comparado à 3ª colocação no último ano. “Em 2009, no grupo dos países do BRIC, obtivemos o pior resultado”, alerta Dantas.

 

Para estimular as inovações, é necessário que haja esforços conjuntos entre os setores público e privado, segundo o executivo. “Fica sob responsabilidade do Governo o estímulo à criação de pólos tecnológicos e redes de cooperação entre empresas e universidades, além da promoção de classes e cidades criativas. A função das empresas é incentivar a superação das barreiras à inovação por parte de seus CEOs e demais colaboradores”, reforça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A importância da inovação

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



O líder mundial da prática de comunicações e alta tecnologia da Accenture, Martin Cole, destacou essa semana a importância da inovação durante a retomada econômica mundial. O executivo falou durante o Global Convergence Forum (GCF), conferência promovida pela Accenture, que acontece na Índia, e reúne executivos das áreas de comunicação, mídia e entretenimento do mundo.

 

“As organizações devem estar preparadas para encarar uma nova realidade nos negócios. Nesse sentido, o uso de ferramentas ou ações inovadoras é essencial para garantir crescimento sustentável”. Para Cole, boa parte das soluções está associada ao potencial dos países emergentes, que devem originar um bilhão de novos consumidores nos próximos anos e garantir a escalada de mais de dois bilhões de pessoas para a classe média.

 

“As empresas que esperam vencer no mercado e atingir a alta performance precisam entender cada vez mais as necessidades locais das nações nas quais atuam e desenvolver modelos de atuação específicos para estas geografias”, concluiu. Como exemplo, ele citou a Nokia, que criou recentemente um celular especificamente para os consumidores chineses.

 

Para mostrar essa realidade, a Accenture apresentou no GCF uma pesquisa realizada com 2,4 mil consumidores de áreas rurais na Índia e 15 mil executivos de telecomunicações do país. O material demonstra que há uma diferença de expectativas entre o que os clientes esperam de um produto e o que a indústria pretende oferecer.

 

Quando perguntadas as três principais razões pelas quais os consumidores se tornariam clientes da telefonia móvel, tanto executivos como clientes apontaram que o celular se transformou atualmente no primeiro e mais barato meio de comunicação. Os clientes escolheram como segundo e terceiro motivos a telefonia móvel ser um meio de comunicação segura (confiável) e uma ferramenta que garante a sua privacidade. Já os executivos alegaram que o dispositivo é um símbolo de status – como uma proposição de valor para os clientes rurais – e que os aparelhos são vistos como uma plataforma de entretenimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A importância da inovação

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



As empresas enfrentam uma realidade difícil e não têm escolha, precisam inovar para se manterem competitivas no mercado. A fim de promover uma discussão ampla acerca do tema, o 1º Fórum Design + Inovação reúne profissionais do segmento, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre (RS). Charles Bezerra, diretor-executivo do Gad’Innovation, abre o evento na quinta-feira (21/5) falando sobre a importância das empresas pensarem o futuro. Segundo Bezerra, as organizações não têm escolha, precisam inovar. “Inovação é o que cria diferenciação, que é a mesma coisa que se distanciar da concorrência. Inovar está ligado à criação de algo novo que se torna amplamente adotado. A linha que demarca o que é inovador ou não, é sem dúvida, a aceitação dos consumidores”, afirma.

 

Serviço
Data: 21 de maio
Horário: 13h às 18h
Local: Centro de Eventos da Fiergs – Av. Assis Brasil, 8787 – Porto Alegre/RS
Informações e inscrições pelo telefone (51) 3019 2992 ou no e-mail [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima