Os desafios do RH para gestão de talentos

0
1
Autor: Roberto Ventura
A grande rotatividade de profissionais tem feito com que as empresas invistam cada vez mais em alternativas para reter e manter seus talentos. No entanto, seguir o velho caminho já conhecido pelo gestor, que é o de acenar com uma possibilidade de carreira e ganhos futuros, já não surte o mesmo efeito que antes.
Em um momento de insegurança econômica, é preciso manter os profissionais de alta performance e a liderança altamente engajada para enfrentar um cenário externo mais desafiador. Veja cinco ideias para manter a sua equipe engajada:
Avalie o desempenho e motive: um dos maiores fatores de desengajamento é a falta de vínculo do profissional com os objetivos e desafios da organização. Por isso, é importante estabelecer objetivos e, periodicamente, avaliar o desempenho e estimular o profissional a desenvolver-se de forma efetiva.
Identifique os potenciais talentos: para manter e reter os talentos, é preciso saber quem são as pessoas que realmente fazem a diferença. E isso só é possível descobrir quando a empresa se compromete a fazer uma avaliação com critérios claros e objetivos das pessoas por meio de um processo de gestão bem estruturado e planejado vinculado aos objetivos globais da organização.
Entenda seus funcionários: apesar de serem diferentes, as gerações devem ser trabalhadas de acordo com suas características. Por exemplo, os baby boomers estão acostumados a hierarquias mais verticalizadas. Já a Geração Y é movida pela impulsividade. Para lidar com eles é preciso, antes de tudo, entender cada indivíduo, independente de rótulos, e ofertar algo que adequado à sua necessidade.
Torne o seu RH mais estratégico e atuante: o RH precisa assumir uma posição estratégica e automatizar ao máximo todo o trabalho operacional. Hoje, um dos grandes desafios das empresas é a estruturação de um processo de carreira. Os colaboradores devem ser valorizados e reconhecidos por suas entregas, inovações e projetos que fazem e não apenas pela posição que ocupam.
Invista em seus colaboradores: procure capacitar e preparar seus funcionários para atuar no nas suas funções. O processo de capacitação traz satisfação e crescimento aos profissionais. Além disso, colaboradores qualificados sentem-se mais satisfeitos, porque produzem mais e geram mais valor para a empresa. Quando reconhecidos, os profissionais se sentem mais engajados e motivados para exercerem suas funções.
Roberto Ventura é sócio diretor da Efix.