SPCom quer alcançar 1100 posições este ano

0
0

04/04/01 – 13:07 – A SPcom Comércio e Promoções, agência terceirizadora de serviços de callcenter, planeja encerrar este ano com 1100 posições de atendimento (PAs), superando as atuais 700, onde se revezam 1100 operadores. Quem informa é a diretora geral Alexandra Periscinoto, que adianta que a empresa quer aproveitar a demanda do mercado, bastante aquecida este ano, para crescer e encerrar 2001 com faturamento de pelo menos 60% a mais em relação ao período anterior.

Nada mau para quem começou em 1993 com quatro PAs e um cliente para atender e hoje ocupa sete andares de um prédio na avenida Paulista, em São Paulo. Outro orgulho da diretora é a obtenção da ISO 9002, em 1998. A SPCom foi a primeira agência a receber esta certificação, garante. Para este ano, pretende ser certificada dentro da norma ISO 14000 (meio ambiente e responsabilidade social), prevista para o mês que vem.

O callcenter não pertence a nenhum grupo de investidores, mas a três sócios, sendo Alexandra a majoritária. Ela confessa que sua empresa já foi cortejada por grupos capitalizados e interessados no negócio. Porém, nosso objetivo é continuar assim e crescer com nossos próprios recursos, apoiados na prestação de serviço.

Alexandra informa que para executar bem uma tarefa é necessário escolher a mão-de-obra mais adequada. Dentre os 1200 funcionários, incluindo outras funções além de atendentes, ela observa que cerca de 80% têm curso superior e o restante ensino médio completo. Todo este cuidado para atender 25 clientes, entre eles Bancos Santander e Itaú, Telefônica, Folha de São Paulo, Pfizer do Brasil, e o parque temático Hopi-Hari.

A empresa está aparelhada para trabalhar no conceito de contact center, com resposta a e-mail, chat e a nova tecnologia voz sobre IP. Entre os serviços oferecidos, Alexandra destaca SAC, telemarketing ativo e receptivo, help desk e cross selling.

O gerente de sistemas, Pierre Cunha, é quem responde pela tecnologia empregada. Utilizamos atendimento web com sistemas Siemens, URAs e discagem preditiva da Voice, discagem automática da Digivoice, CRM da Perfil, gravação digital em DVD da DDCom e programas desenvolvidos pela própria SPCom. Ele adianta também que está sendo instalado atualmente sistema de acesso a gravação pela Internet.