2W Energia realiza primeira aceleração de startup

Lead Energy é uma plataforma que permite a redução de até 30% nos gastos com energia elétrica

0
176
Claudio Ribeiro, CEO da 2W Energia
Claudio Ribeiro, CEO da 2W Energia

A 2W Energia concluiu sua primeira aceleração de startup com a Lead Energy,  uma plataforma inovadora de soluções em energia elétrica que busca mais eficiência na conta de luz e redução de custos. “O negócio da Lead tem sinergia com os projetos de inovação da nossa empresa, com um modelo totalmente digitalizado e que traz benefícios aos clientes”, informou Claudio Ribeiro, CEO da 2W Energia.

Criada em 2020, a Lead Energy identifica possibilidades de economia na fatura de energia. A plataforma contempla as seguintes providências: avaliação da modalidade tarifária e da demanda contratada; adequação de equipamentos técnicos; análise do consumo de energia; e possibilidade de utilização de placas solares, além da indicação para o mercado livre de energia. O relatório cruza todas as informações e as fornece ao cliente em questão de segundos. 

Os esclarecimentos são do sócio-fundador da startup, Raphael Ruffato, que idealizou a companhia ao se deparar com as dores que os clientes sofrem ao lerem a conta de luz. “As empresas têm dificuldade de entender a fatura e não conseguem identificar possíveis ineficiências no seu padrão de consumo e buscamos modificar esse cenário, trazendo soluções de economia que podem variar entre 10% e 30% na conta de energia”, explicou ele.

Serviço começa em São Paulo
A solução desenvolvida pela Lead Energy, está disponível , por enquanto, para a região metropolitana de São Paulo, atendida pela distribuidora Enel SP. Com a aceleração pela 2W Energia, a Lead poderá escalar, em poucos meses, a plataforma e expandir sua atuação para outras distribuidoras que atendem o Estado de São Paulo. Conforme informou a empresa, objetivo é se consolidar como um provedor de soluções em território paulista e depois expandir para o resto do Brasil.

“Com o propósito de reinventar a relação da sociedade com a energia, a 2W atua na implantação de soluções inovadoras para clientes para o mercado livre de energia, que já é responsável por cerca de 33% do consumo total no Brasil e atinge cerca de 9 mil consumidores”, explicou Riiberio, complementando: “A liberalização do mercado deve acontecer a partir de 2024, mas os consumidores já estão procurando soluções para otimizar e reduzir sua conta de energia. A 2W continuará a investir em novas soluções se tornando uma grande plataforma de inovação e tecnologia no setor elétrico”.