3M reabre Centro de Inovação com robô host interativo

Além do anfitrião, unidade terá também robô que  mostrará como os produtos funcionam na realidade da indústria 4.0

0
158

A 3M do Brasil reabriu este mês seu Centro de Inovação em Sumaré, interior de São Paulo, que funcionará como um showroom de novas ideias e encantamento. Em uma área de mais de 4 mil metros quadrados, os visitantes já podem conhecer as inovadoras soluções para a indústria 4.0. E serão guiados por um robô de 1,20 metro de altura, que terá como função fazer um tour interativo para mostrar como todas elas funcionam.

Logo na entrada, a exibição contará com o suporte de um outro robô no laboratório de abrasivos, responsável pela replicação do processo de abrasão, cujo objetivo será ensinar clientes a utilizar o produto em seus próprios maquinários. “O robô simula o processo de automação para dar suporte aos nossos clientes”, explica Renata Decourt, gerente de inovação da 3M.

O Novo Centro de Inovação da 3M renova o antigo centro técnico da empresa, inaugurado em 2005. Com a reforma –  que contou com investimento de US﹩1,5 milhão -, a unidade tornou-se o maior entre os sete centros de inovação da empresa na América Latina, com 14 laboratórios, que representam as várias divisões da 3M, e demonstração de tecnologias com automação robótica que podem ser testadas pelos clientes. No total, são 118 funcionários entre engenheiros e pesquisadores. A unidade foi reaberta este mês no evento Tech&Innovation, summit virtual de inovação e tecnologia, que  leva a prática das soluções 3M para o mercado e que acontecerá anualmente a partir de agora.

“Estamos felizes de poder reabrir nosso centro de inovação e contribuir para que o mercado avance no desenvolvimento de soluções inovadoras e sustentáveis para a indústria 4.0”, disse Paulo Gandolfi, diretor de inovações da 3M para a América Latina. “A 3M sempre busca aproximar o público da ciência, e nosso novo centro de inovação cumpre esse objetivo ao mostrar todas as nossas soluções de forma totalmente interativa”, completou.