Aproveite. Ainda dá tempo de inscrever seu case

O canal para quem suspira cliente.

As marcas mais admiradas pelos universitários brasileiros

Leandro Souza, Otávio Dutra e Thais Mellone

Estudo da Partyou mostra as preferências dos estudantes em: Esportes, Eletrônicos, Redes sociais, Entretenimento, Turismo, E-commerce, Delivery e Serviços Financeiros

As marcas mais admiradas pelos estudantes universitários brasileiros no segmento esportivo são, pela ordem, Nike, Adidas e Puma, todas elas com ações e campanhas recentes voltadas para o público jovem. A informação faz parte de estudo realizado pela Partyou, startup cuja plataforma visa auxiliar os estudantes na tomada de decisões, para entender quais as marcas mais admiradas pelos universitários brasileiros em oito segmentos: Esportes, Eletrônicos, Redes sociais, Entretenimento, Turismo, E-commerce, Delivery e Serviços Financeiros. A pesquisa foi realizada com 1.192 acadêmicos de quatro estados brasileiros: São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. 

No segmento de Eletrônicos, Apple, Samsung e Xiaomi são as três marcas com maior impacto positivo entre os universitários. Em Redes Sociais, os entrevistados citaram Instagram, Twitter e TikTok como as plataformas mais admiradas. “Vale lembrar que o TikTok apresentou um boom nos últimos dois anos, sobretudo entre a Geração Z (nascidos entre 1996 e 2010), e conta atualmente com mais de 1 bilhão de usuários mensais ativos. Segundo dados do Google, cerca de 40% dos jovens dessa geração preferem pesquisar no TikTok do que nas ferramentas de busca tradicionais”, analisou Otávio Dutra, CEO e cofundador da Partyou, junto com Thais Mellone e Leandro Souza.

Entretenimento e e-commerce 

Ainda de acordo com a sondagem, no segmento de Entretenimento destacam-se as marcas YouTube, Spotify e Netflix. Durante a pandemia, o YouTube alcançou o topo das plataformas tidas como imprescindíveis para os usuários brasileiros, com 91% deles afirmando terem aumentado o seu tempo de uso do canal, segundo uma pesquisa realizada pela Talkshoppe. Já no setor de Turismo, a pesquisa da Partyou indica que as marcas mais admiradas pelos universitários são, respectivamente, CVC, Azul, 123milhas e Hurb, as duas últimas empatadas na terceira posição do ranking. 

No setor E-commerce, os estudantes admiram as marcas Amazon, Shopee e Mercado livre para a realização de compras on-line. Quando perguntados sobre os aplicativos de delivery, os entrevistados responderam que as marcas iFood, AiQFome, Rappi e Zé Delivery, as duas últimas empatadas na terceira posição, são as mais admiradas em sua opinião. Adquirida pelo Magazine Luiza há dois anos, a empresa AiQFome viu suas vendas em 2020 triplicarem quando comparadas ao ano anterior. A marca, bastante presente em cidades do interior, conta atualmente com mais de 2 milhões de usuários cadastrados e é a terceira maior plataforma de delivery do Brasil. 

Por fim, o estudo da Partyou indicou que na área de Serviços Financeiros, as marcas mais admiradas pelos estudantes universitários são Nubank, Banco Inter e XP Investimentos. O Nubank, a atual instituição financeira mais valiosa da América Latina, conta com mais de 53,9 milhões de clientes, muitos deles fazendo parte do público universitário. 

O estudo, aplicado pela Partyou entre os meses de julho e agosto de 2022, contou com respostas de alunos de 200 universidades, entre públicas e privadas, presentes em 126 cidades diferentes. Para a realização da pesquisa, a Partyou também teve o apoio de 4 empresas juniores parceiras, associações universitárias geridas pelos próprios estudantes: Líder Jr, empresa júnior do curso de Engenharia de Produção da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) do campus de Sorocaba (SP), RPJr, empresa Júnior do curso de Relações Públicas da Universidade Estadual Paulista (Unesp) do campus de Bauru (SP), Eixo Público, empresa júnior do curso de Administração Pública da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) do campus de Limeira (SP), e JMC, empresa júnior do curso de Administração da Universidade Presbiteriana Mackenzie do campus de Campinas (SP).

“Nos últimos anos, a educação superior no Brasil passou por grandes transformações, alcançando a marca de mais de 8 milhões de estudantes matriculados em 2020, sendo que esses alunos consomem mais de R$ 140 bilhões em produtos e serviços anualmente. Uma grande parcela da população do país é jovem e universitária, mas o mercado muitas vezes não enxerga esse público de forma relevante. Com essa pesquisa, queremos evidenciar as percepções dos estudantes sobre diferentes segmentos da economia, mostrando ao mercado e às marcas a importância de se investir no público universitário”, concluiu Otávio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima