Bancos brasileiros no ranking mundial

0
0



O novo levantamento da consultoria inglesa Brand Finance apontou a Apple na liderança das 100 marcas mais valiosas do mundo em 2013. Em 12 meses, o valor da marca da empresa americana  saltou de US$ 70 bilhões para US$ 87,3 bilhões. Pela ordem, as dez maiores são: Apple, US$ 87,3 bilhões, seguida pela Samsug, US$ 58,771, Google,  US$ 52,132, Microsoft, US$ 45,535, Walmart US$ 42,303, IBM, US$ 37,721, GE, US$ 37,161, Amazon.com, US$ 36,788, Coca-Cola, US$34,205 e Verizon, US$ 30,729.
 
Neste rol, três bancos brasileiros ganham destaque mundial. O mais bem colocado na lista das 100 marcas mais valiosas é o Bradesco, em 66ª posição e com valor de marca de US$ 13,610 bilhões. Na sequência, vem o Itaú, em 77º lugar, com marca avaliada em US$ 12,442 bilhões. O Banco do Brasil fica em 94ª posição, com valor de US$ 9,883 bilhões.

 

De acordo com o CEO da Brand Finance para a América Latina, Gilson Nunes, a presença do Bradesco, Itaú e Banco do Brasil no novo ranking demonstra a força e a solidez dessas instituições perante a economia mundial. “Mesmo diante de um cenário desafiador de baixo crescimento do PIB e redução das taxas de juros, as marcas destes bancos continuam sendo ativos resistentes duráveis e, não fosse a forte variação do câmbio em 2012, estariam em melhor posição no ranking mundial”, afirma.
 
Responsável pela avaliação e gestão de marcas e ativos intangíveis, a Brand Finance é uma empresa de origem inglesa sediada em Londres e conta com escritórios em mais de 21 países e em todos os continentes.