Caixa eletrônico nas mãos

0
0
Durante a Ciab Febraban 2015, que ocorre entre os dias 16 e 18 de junho, em São Paulo, a Saque e Pague mostrará seus caixas eletrônicos com tecnologia de reciclagem de cédulas e depósito inteligente e ainda lançará a solução que integra a plataforma mobile com o autoatendimento e na qual o celular substituirá o cartão magnético. De acordo com o presidente, Givanildo da Luz, a rede implementa no País o uso do celular como dispositivo de acesso aos caixas eletrônicos. A solução dispensa o uso do tradicional cartão magnético e também dispensa o token ou cartão de senhas. “Com essa novidade podemos reduzir drasticamente as fraudes de clonagem de cartão, além de ampliar a segurança e praticidade das transações, já que o token estará embutido no celular e toda a comunicação entre as máquinas será criptografada.”
Também estará em exposição, o caixa eletrônico denominado Mini Agência. Assim como o nome sugere, o equipamento reúne funções que estão disponíveis apenas nas agências, como pagamentos de contas em dinheiro com troco em moeda, recarga de cartões e de telefones pré-pagos, consulta de saldo, extrato, transferência, saques, depósitos, entre outros. Além disso, será mostrado o serviço Transfere Rápido, por meio do qual qualquer pessoa poderá enviar remessas de dinheiro para contas bancárias em qualquer local e banco do país. Com o dinheiro em mãos, o usuário escolherá a função Transfere Rápido, digitará os dados da conta bancária para onde o dinheiro deve ser enviado e depositará as cédulas no local indicado no caixa eletrônico da Saque e Pague, o equipamento reconhecerá e validará as notas e creditará o valor na conta desejada. 
A vantagem, segundo a empresa, é que além de democratizar esse serviço bancário e permitir acesso ao autoatendimento até para quem não tem conta em banco, através dos caixas da Saque e Pague, o dinheiro cai na conta do destinatário em poucos minutos. Além do Transfere Rápido, os não bancarizados também podem pagar suas contas em dinheiro nos caixas eletrônicos da rede.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGestão de risco consciente
Próximo artigoVotação já começou!