Confiança do consumidor permanece estável

0
2



A confiança do consumidor brasileiro manteve, em abril de 2008, os 142 pontos registrados no mês anterior, segundo a pesquisa elaborada pela Ipsos Public Affairs para a Associação Comercial de São Paulo (ACSP). O Índice Nacional de Confiança (INC) está três pontos abaixo do recorde atingido em novembro de 2006. Em março de 2007 o INC marcava 132 pontos.


A região Norte/Centro-Oeste atingiu o recorde da série e é a mais otimista, com 174 pontos. Em seguida está a região Sudeste, que caiu cinco pontos, passando para 145 em abril deste ano. A região Nordeste também registrou queda de cinco pontos, chegando a 131 e a região Sul, considerada a menos otimista, teve aumento de cinco pontos, passando para 117 em abril.


Para o presidente da ACSP, Alencar Burti, o recorde atingido pela região Norte/Centro-Oeste é justificado pelos reajustes nos preços dos produtos agrícolas. “O crescimento sazonal do setor agrícola e os índices de inflação dos alimentos em alta influenciaram a elevação da confiança dos consumidores da região”, explica Burti.


O INC mostra que 36% da população brasileira estão menos à vontade para a aquisição de bens de grande valor, contra 33% que estão mais à vontade. Para as compras de eletrodomésticos, o INC demonstra que a situação continua favorável, com 47% das pessoas mais à vontade e 27% menos à vontade.