Aproveite. Ainda dá tempo de inscrever seu case

O canal para quem suspira cliente.

Distrito apresenta as primeiras startups selecionadas para o GenAI Lab

Gustavo Gierun, CEO e fundador do Distrito

No lançamento do programa também foram apresentados os ventures capital, corporações e provedores de serviços e tecnologias que estão apoiando o desenvolvimento de soluções de IA

O Distrito, plataforma de tecnologias emergentes com atuação na América Latina, realizou evento de lançamento do GenAI Lab, programa exclusivo para fomento de negócios baseados em inteligência artificial generativa. No encontro foram apresentadas as 17 startups selecionadas para participar da primeira fase do laboratório. São elas: Gennie, Meliva.ai, Inspira, Blox, Charla, Clarice.ai, Murabei, Zeca.ai, Rank My App, Fintalk, Toolzz AI, Inbot, Advolve, N3urons, Made in Web, Lunarbase e Nama. As empresas se destacaram entre 400 selecionadas pelo time de curadoria do Distrito, além de indicações dos apoiadores e fundos. O Programa prevê a participação de até 25 startups, ou seja, ainda restam oito posições a serem preenchidas. 

Também foram anunciados os apoiadores do projeto. Empresas como KPMG, Oracle, Amazon, FCamara, Conta Simples, Semantix, Raia Drogasil, Cogna e Johnson&Johnson Medtech irão envolver seus executivos para colaborar na criação e validação de soluções que devem transformar empresas, mercados e o comportamento de consumidores.  

“O Lab será uma fonte de oportunidades de investimentos e insights para fundos de venture capital como Softbank, Riverwood Capital, NXTP Ventures, Norte Capital, Alexia Ventures, Astella Investimentos, Volpe Capital, Maya Capital e Domo. Os venture capital da América Latina atuarão como mentores dos empreendedores em assuntos como captação de recursos, desenvolvimento de produtos, modelos de negócios, estratégia de vendas, entre outros”, detalhou Gustavo Gierun, CEO e fundador do Distrito.

Primeiro VC Meeting

De acordo com o executivo, serão conectadas empresas que querem aplicar, na prática, soluções de IA generativa para gerar eficiência operacional, novas oportunidades de receita, melhorar a experiência do cliente ou ainda inteligência para uma grande massa de dados. “Precisamos construir habilidades técnicas, estratégias e produtos para nos adaptarmos à nova realidade do ecossistema”.

O lançamento também marcou o primeiro VC Meeting com a participação de Gustavo Ahrends, cofounder da Norte Ventures e Edson Rigonatti, sócio da Astella Investimentos.  Os investidores apresentaram as perspectivas para o mercado de venture capital e os desafios na jornada de desenvolvimento de um novo produto. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima