GVT cresce com portabilidade

0
2



A postura de empresa atacante, colocou a GVT na liderança do ranking de portabilidade na telefonia fixa. Em 134 dias da medida (até 12/01), que começou a ser implantada no dia 1º de setembro por lotes de cidades de acordo com o código de área (DDD), a GVT contabiliza 22.346 números ativos, pouco mais de 40% sobre o total de 55.652 registrados entre todas as operadoras fixas em todos os municípios contemplados. “O resultado da portabilidade mostra que muita gente está insatisfeita com a operadora antiga e só mantinha o mesmo fornecedor para não abrir mão do número”, afirma Ricardo Sanfelice, diretor de marketing e produtos da GVT.

 

O comportamento dos consumidores do DDD 41, que abrange 36 cidades entre litoral paranaense, Curitiba e região metropolitana, foi mais intenso do que nas demais regiões que já haviam sido contempladas com a facilidade. Somente no primeiro dia da medida, 625 pessoas solicitaram trocar de operadora mantendo o mesmo número. Na GVT foram registradas 523 solicitações, o equivalente a 84% do total de pedidos.