Para impactar a publicidade

0
2



O mercado digital conta com mais um integrador de serviços, o Contplay. A ferramenta, pertencente ao fundo de investimentos Evolution , visa auxiliar na relação entre público, anunciantes e distribuidores de conteúdo. Do tipo venture capital com base em São Paulo, SP, tem como CEO e principal investidor o executivo Pedro Cabral, além do grupo Aegis, especializado em comunicação e mídia digital.

 

Por meio do site  o usuário pode fazer login, informar seus interesses e assistir comerciais de 30 segundos de acordo com suas preferências. Ao final, deve responder qual a marca da propaganda, garantindo assim que assistiu ao vídeo inteiro. Automaticamente recebe pontos para trocar a qualquer momento por conteúdo premium, como músicas, filmes, Apps, jornais, revistas e livros, em um modelo de consumo diferenciado, já que o anúncio “remunera” o consumidor. As propagandas podem ser assistidas a qualquer momento e, as temáticas apresentadas, correspondem ao universo de assuntos de sua escolha.



O consumidor, anunciante e distribuidor de conteúdo estabelecem um relacionamento baseado em interesses mútuos. “O Contplay muda o cenário atual, pois tem a missão de ser uma mídia de performance que financia a distribuição de conteúdo”, observa Cabral.”Todos são beneficiados sem que exista imposição de anúncio ao público, ausência de remuneração do conteúdo distribuído nem falta de afinidade com a marca veiculada”, acrescenta. 

 

Segundo pesquisa da Interactive Advertising Bureau Brasil realizada em 2012 com mais de 2.075 internautas, a publicidade digital é a que tem melhor receptividade e admiração do público se comparada com a publicidade veiculada em TV, rádio, revistas e jornais. Para 49% das pessoas ouvidas na pesquisa, os anúncios na internet são os mais criativos e inovadores; 37% os consideram os mais verossímeis; para 36% são os que incomodam menos e, para 40%, são os anúncios mais evidentes. O cenário serviu como um grande incentivo à nova ferramenta.



O Projeto desenvolvido ao longo dos últimos três anos e de autoria de Cabral, busca atingir todos os públicos, desde o adolescente que gosta de games até o empresário que baixa Apps para organizar a agenda e aprecia filmes. O serviço é multiplataforma e poderá ser utilizado em smartphones, tablets e smartTV nos sistemas IOS/Apple e Android. Outro destaque é sua característica social. No site, é possível interagir com os demais usuários, descobrir afinidades, ver as preferências de consumo de amigos, trocar dicas, entre outras opções de interação, inclusive com compartilhamento em redes sociais como Facebook, Twitter e Pinterest.

 

É grande demanda de pessoas que consomem conteúdo premium, on demand e pagam por isso. Estes produtos são distribuídos pelo IBA (revistas, jornais e livros), iTunes, GooglePlay, Amazon, Netflix, e muitos outros. O novo site já selou parceria com o IBA, ligado ao grupo Abril, e está em fase de integração com iTunes, da Apple, Google Play e SKY Online. Após um período de teste de seis semanas, o Contplay será oficialmente aberto ao público. A expectativa é que até o final de 2013 o serviço reúna mais de um milhão de consumidores.