Pesquisa da e-consulting indica a percepção do Knowledge Management

0
11

A E-Consulting, empresa de criação, desenvolvimento e implementação de estratégias competitivas e serviços, anuncia nova pesquisa sobre a percepção do Knowledge Management (KM – Gerenciamento do Conhecimento) em empresas de médio e grande porte de todo o País. A E-Consulting entrevistou 360 companhias: 37,8% entendem que KM é um sistema de gerenciamento corporativo; 27,5% uma tecnologia que permite a gestão do conhecimento; 14,9% uma filosofia corporativa de gestão de informações; 11,3% uma estratégia de competição na “Era do Conhecimento”; e 8,5% uma modelagem de processos corporativos a partir do conhecimento gerado.

“Para mais de um terço das empresas, o KM é um sistema de gerenciamento corporativo porque elas consideram que se trata muito mais de um conceito gerencial do que uma ferramenta tecnológica”, explica Daniel Domeneghetti, diretor de Estratégia da E-Consulting e vice-presidente de Conhecimento e Métricas da Camara-e.net.

“Por outro lado, consideramos crítica a falta de entendimento médio de que o KM é, antes de um sistema gerencial corporativo, uma filosofia que as empresas devem adotar para sobreviver e competir na Era do Conhecimento, além do fato de ser a única capaz de gerar diferenciação, valor e capacidade evolutiva para as corporações, em um mercado global, ágil e copiável, sujeito à lógica das redes (networking)”, acrescenta Domeneghetti.

A E-Consulting conversou com gerentes das áreas de marketing, Recursos Humanos (RH) e Tecnologia da Informação (TI). 81% das empresas situam-se na região Sudeste, das quais 58% no Estado de São Paulo.