Aproveite. Ainda dá tempo de inscrever seu case

O canal para quem suspira cliente.

São Paulo, Brasil - 27 de fevereiro de 2024, 11:09

Phygital e omnichannel são a mesma coisa? 

Marcel Farto, CEO da Onclick

O que é preciso saber sobre esses conceitos para aplicá-los com ganhos de competitividade

Autor: Marcel Farto

Phygital consiste na fusão entre o mundo digital e físico, na qual é possível o desenvolvimento de novas experiências de relacionamento e consumo. Enquanto o omnichannel é uma tendência do varejo baseada na convergência de todos os canais utilizados por uma empresa.

Ambos têm como objetivo otimizar o dia a dia das marcas, integrando o online e o offline com diferenças mínimas. Este é um dos motivos pelos quais o phygital e o omnichannel são tão procurados pelas empresas e tiveram um total de R$ 3,2 milhões em investimentos no ano de 2021.  

Uma das soluções para alcançar a real fusão entre o online é o offline é a criação de sites e centrais de atendimento exclusivos para a sua empresa, dando o melhor suporte possível para o seu cliente como se ele estivesse dentro de sua loja.  

Dois exemplos de experiência phygital é um grupo do varejo alimentar que utiliza as lojas físicas como pontos de distribuição das compras realizadas por canais online, e o marketplace criou uma loja de conveniência, nela o consumidor pode comprar ou retirar produtos, com as cobranças sendo realizadas no formato self-checkout. A loja não possui funcionários e não fecham, além disso, não têm filas, tornando a experiência mais atrativa para os consumidores. 

Já no omnichannel, uma loja de esportes iniciou com pequenas ações para otimizar o processo de compra dos clientes (site, telefone, lojas e aplicativos). Quando um deles compra pela internet e precisa realizar a troca, ele pode ir à uma loja física.  

Esses avanços são possíveis também pela intensa migração dos consumidores para as plataformas digitais, o que exigiu das marcas driblar os desafios para integrar os ambientes virtuais e físicos pensando não apenas no presente, como no futuro.

Agora, após esse processo de migração ser acelerado, ocorre um processo de entendimento do novo estilo de consumidor, que está mais imediatista e preocupado com coisas que, antes, não estavam em foco.  De fato, uma experiência omnichannel e phygital são extremamente importantes nos dias atuais. Mas, somente focar nesses dois elementos não é o suficiente para o sucesso, entender que demonstrar cuidado com a natureza e investir em embalagens com informações importantes do produto, também são ações que fazem os consumidores ficarem fiéis a uma marca ou serviço. 

O processo ocorreu de forma muito acelerada e nem todos conseguiram acompanhar. O importante é entender o que é preciso para não ficar para trás da concorrência. Agora que você sabe a diferença dos dois termos, veja como você pode implementar na sua empresa e caminhe para o êxito do negócio.  

Marcel Farto é CEO da Onclick.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima