Aproveite. Ainda dá tempo de inscrever seu case

O canal para quem suspira cliente.

São Paulo, Brasil - 26 de fevereiro de 2024, 03:26

PMEs marcam presença nas compras on-line dos consumidores brasileiros

Vinícius Guimarães, gerente executivo de marketing da Tray

Estudo da Tray destaca que 50% dos clientes compram igualmente, ou mais, em médias e pequenas empresas em relação às grandes corporações

De cada 10 consumidores brasileiros, quatro avaliam que os melhores preços são encontrados nas PMEs e três em cada 10 alegam que os produtos são de melhor qualidade, quando comparam companhias desse porte à grandes e renomadas marcas. Os números são de pesquisa  divulgada pela Tray, empresa especializada em soluções de e-commerce, que contou com 811 entrevistas à distância com consumidores que realizaram compras digitais nos últimos 12 meses. “O mercado on-line não para de crescer e isso não é novidade para ninguém. O e-commerce brasileiro registrou faturamento de R$ 161 bilhões em 2021, uma alta de 27% em relação a 2020. O resultado é recorde para o comércio online, de acordo com dados da Neotrust. E, nesse mundo digital, as famosas PMEs são vistas com bons olhos, quando comparadas com as grandes empresas”, analisou Vinícius Guimarães, gerente executivo de marketing da Tray. 

Além disso, a sondagem revela que 9 em cada 10 consumidores realizam compras em pequenas e médias empresas, levando em conta dados da Locaweb. Já os modos de compra mais populares no meio on-line são via websites e lojas virtuais, com 70% das respostas e dentro de aplicativos, com 69%. Dentre os meios de compra digital, há uma maior adesão do público 30+ aos websites/lojas virtuais, enquanto o jovem de 18 a 29 anos é mais adepto aos aplicativos e redes sociais.

“O digital chegou para continuar mudando a vida dos consumidores, trazendo agilidade, praticidade e sendo crucial para expandir horizontes de negócios. Nosso trabalho, com a Tray, é cada vez mais ensinar o PME a dedicar tempo em estudar o consumidor, levando a ele produtos e serviços de qualidade, de acordo com cada necessidade e desejo específico dele”, afirmou Vinícius.

O comportamento do consumidor 

De acordo com o estudo, o que motiva o cliente a realizar uma compra de forma on-line é, principalmente, a praticidade na compra (59%), seguido pela comparação dos preços (54%) e praticidade na entrega (53%). Na busca por um produto, 6 a cada 10 consumidores optam por pesquisar em marketplaces. Já 43% dos consumidores que compram em PMEs priorizam a compra neste tipo de empresa. E a projeção de compra nos próximos 6 meses é ainda mais positiva. 8 a cada 10 consumidores pretende comprar em PMEs, sendo que 21% pretende comprar mais nelas do que em grandes empresas. As mulheres são mais tendenciosas à compras em pequenos comércios, já que 54% delas compra igualmente ou mais em PMEs.

Na concepção do gerente executivo, “os empreendedores precisam combinar este olhar mais atualizado do que há de mais novo e promissor no mercado com as premissas essenciais do e-commerce. O cliente está preferindo comprar no ambiente digital, isso é fato. Nossa dica é sempre prezar pelo bom atendimento, com uma gama ampla de ferramentas que o auxiliem nessa jornada. Por fim, não se pode perder de vista a importância de continuar investindo em campanhas de marketing, experiência de compra, qualidade na entrega e na oferta de formas de pagamento, buscando sempre uma sintonia com a opinião dos consumidores para aprimorar o atendimento”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima