Pontofrio conclui “Venda sem papel”

0
11
O Pontofrio conclui projeto de “venda sem papel” e implementa a NFC-e (Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica). Cupom fiscal eletrônico enviado por e-mail ao cliente, que também pode acessá-lo no site da Secretaria da Fazenda. Com a digitalização completa do processo de compra/venda, a varejista fecha o ciclo iniciado com a introdução do uso de tablets por vendedores para o atendimento e a adoção de pagamento via PinPad móvel. Um dispositivo de leitura de cartões de crédito e débito conectado ao sistema da loja por meio deste tablet. A novidade está disponível nas lojas do Shopping JK Iguatemi (São Paulo) e Park Shopping São Caetano. 
“Na etapa anterior do projeto, tínhamos avançado na questão do pagamento via cartão de crédito e débito, em que o consumidor não precisava mais ir ao caixa. Para os itens que podem ser retirados na hora, por exemplo, bastava aguardar a impressão da nota fiscal e pegar o produto. Agora, é só pegar o produto e pronto. O cupom fiscal é enviado por e-mail”, comenta Julio Baião, diretor de TI da Via Varejo, empresa que administra o Pontofrio. O executivo comenta que a inovação traz benefícios também para a empresa, com redução de custo operacional e agilidade na execução fiscal, já que a Receita recebe as informações sobre a venda assim que é realizada. “Antes, era preciso que a empresa fizesse uma declaração das vendas. Agora é tudo automático, online e ainda economizaremos com papel.” 
A idealização, planejamento e desenvolvimento da “venda sem papel” são resultados do trabalho integrado entre as equipes Tributária, de TI e Eficiência Operacional da Via Varejo. “Nosso objetivo é entregar a melhor experiência de compra possível ao cliente, encontrando soluções que representem mais comodidade para ele, além de processos mais eficientes e econômicos para a companhia. E apostamos na tecnologia como papel fundamental para alcançarmos esse objetivo!”, explica Baião.