Raio-x do mercado de cartões

0
12


A marca de 1,3 bilhão de transações realizada no mercado interno em 2004 colocou o Brasil na sétima posição entre os países que mais utilizam cartões de crédito no mundo. O País voltou a ficar à frente da Austrália – para quem tinha perdido o sétimo lugar em 2003 – e atrás apenas dos EUA, França, Reino Unido, Canadá, Japão e Coréia do Sul. Os dados constam do estudo exclusivo Mercado Internacional, parte da pesquisa Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento, realizada pela Credicard.

O estudo traz outra informação positiva. Os gastos realizados com cartões de crédito por estrangeiros que visitam o Brasil tiveram crescimento de 17% em 2004, atingindo um total de R$ 2,64 bilhões. Essas transações com cartões de crédito – chamadas no mercado de transações internacionais receptivas – superaram, pelo segundo ano consecutivo, a soma dos gastos realizados pelos brasileiros no exterior.

Volume de transações / faturamento – O mercado mundial de cartões de crédito teve faturamento de US$ 4,25 trilhões em 2004, bem superior ao faturamento de 2003, de US$ 3,70 trilhões. Esses valores mostram o rápido avanço do dinheiro de plástico em todo o mundo. Com o faturamento de R$ 100,4 bilhões em 2004, o Brasil aumentou a sua participação no faturamento do mercado mundial de 0,7% para 0,8%. Essa expansão de 0,1 ponto percentual (pp) corresponde, em valores, a US$ 3 bilhões. Na América Latina, a participação do Brasil é superada apenas pelo México, que tem hoje 1,3% do faturamento do mercado mundial.

No quesito volume de transações (que representa o total gasto pelos portadores), há ainda um dado que merece destaque: o forte ritmo de expansão do mercado brasileiro de cartões, que alcançou a terceira maior taxa de expansão do mundo em 2004 (sobre 2003): o crescimento foi de 24,1%, perdendo apenas para a Espanha (28,4%) e para o Reino Unido (27,1%).

Número de transações realizadas – No que se refere ao número de transações realizadas, o Brasil registrou o segundo maior crescimento do mundo em 2004, com expansão de 24,9%. Com essa expansão, o número total de transações realizadas com cartão no país somou 1,3 bilhão. Este total de transações coloca o Brasil entre os sete países que mais usam o cartão de crédito no mundo – o País voltou a ficar à frente da Austrália, para quem tinha perdido o sétimo lugar em 2003. As três primeiras posições são ocupadas, respectivamente, por Estados Unidos (16,4 bilhões de transações), França (5 bilhões de transações) e Reino Unido 4,5 bilhões de transações).

Cartões em circulação – No mercado mundial, o total de cartões em circulação atingiu 1,61 bilhão em 2004, também com forte avanço em relacão a 2003, quando o total de cartões em circulação era de 1,49 bilhão. No quesito número de cartões, o Brasil ocupava, ao final de 2004, a 7a posição no mundo, com um total de 52,7 milhões de cartões em circulação (aumento expressivo em relação aos 43,7 milhões de cartões em circulação em 2003). O ranking, pela ordem, é o seguinte: Estados Unidos (662,8 milhões de cartões); Japão (126,8 milhões); Reino Unido (103,6 milhões); China (75 milhões); Canadá (57,4 milhões); Coréia do Sul (56 milhões); Brasil (52,7 milhões).