Troca de cadeiras

0
2



O tempo médio de permanência de executivos de média e alta gerência na mesma empresa é de quatro anos, de acordo com pesquisa realizada entre julho de 2006 e julho de 2007 pela Divisão de Recolocação da Korum, consultoria especializada em transição de carreira. Quando se trata de supervisores e especialistas, a pesquisa mostra que a média cai para 2,7 anos.


O diretor da Korum, Adilson Mirante, afirma que a média é razoável. “Para atingir o nível gerencial até os 30 anos, os executivos devem buscar crescimento rápido na carreira durante os primeiros anos de formados, por isso mudam mais de emprego nesta fase”, ressalta. Para ele, as pessoas devem buscar permanência maior do que quatro anos após os 45 anos de idade, momento de consolidação da carreira e da situação financeira.


A pesquisa mostrou também que cerca de 90% dos clientes atendidos pela Korum, com tempo de empresa entre 10 e 15 anos e pelo menos 7 anos no mesmo cargo, são profissionais defasados em relações às exigências do mercado. “São mais desmotivados e suscetíveis a insegurança causada pela mudança de rotina e políticas. Dificilmente acostumam-se com novas culturas organizacionais, por isso têm mais dificuldades em participar de processos seletivos”, assegura.