Clique e visite a landing do Congresso ClienteSA 2022

O canal para quem respira cliente.

ARTIGO: PODER S.A. – Histórias possíveis do mundo corporativo (Beto Ribeiro)

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin





Bem-vindos ao verdadeiro mundo corporativo


 


O livro PODER S.A. é um dos mais recentes exemplos da vida obscura do mundo das grandes corporações. O jovem autor Beto Ribeiro é um jornalista que atuou como executivo de marketing em diversas empresas. Com um estilo ousado e dotado de um humor ácido, ele não tem a mínima intenção de ser politicamente correto.


 


Beto assegura que as histórias são reais. Os nomes dos personagens e empresas foram trocados para preservar a sua própria integridade física, confessa o autor. E é bem provável que o leitor identifique-se com várias das histórias narradas pelo autor. Mas vai dar boas risadas.


 


PODER S.A. é dividido em pequenas histórias sobre as diversas empresas que ocupam os 20 andares de um luxuoso edifíco comercial na Avenida Faria Lima, no bairro nobre do Itaim Paulista, em São Paulo. O SP Centrale Downtown Financial Center, só tem um banco e fica a mais de dez quilômetros do centro da cidade. “Por que diabos esse nome?” pergunta o autor. Enfim, vamos dar um passeio pelos andares e empresas.


 


De cara, temos uma agência de propaganda tradicional, a D+ Agência, que tem os seus principais clientes no próprio edifício. Os sócios são um casal formado pelo simpático jornalista Igor, a verdadeira alma da agência, e sua esposa Isadora, uma mulher totalmente “bege”. A sua grande campanha de sucesso foi roubada de uma funcionária e a trama se desenvolve em cima das duas protagonistas, suas preferências sexuais e um final surpreendente.


 


Logo acima, está sediada a VivA VoZ, uma grande empresa de call center. O enredo brinca com o estilo do novo gerente-geral da companhia que promove um daqueles encontros motivacionais com gerentes de todo o país. Integração total, um roteiro rídiculo, dezenas de coffee-breaks e um final inusitado. No quarto andar, o único banco – o GoldenBank e um exemplo prático de como destruir uma boa idéia de um funcionário com a ajuda de headhunters e consultores…


 


Já na SG Eletronics, temos a história de um líder às avessas – o Pira, diretor-geral da filial que sonhava ser odiado e temido pelos funcionários. Motivo de chacota entre os funcionários, ele simplesmente desaparece da empresa… e ninguém sente a falta dele.  


 


A empresa líder do mercado de varejo – Mundo de Descontos, expõe o lado sarcástico e egocêntrico de um executivo mesquinho, o Sr. Pércio. A história navega pelo lado obscuro das fusões e aquisições de empresas concorrentes. E o difícil destino de Glória, uma executiva banida da Mundo, que se afoga em sonhos (de padaria) e tem o azar de cruzar novamente com o ex-chefe. O fim história é trágico mas perfeitamente possível.


 


A Sidar Incorporação foi a construtora do SP Centrale, e sua história mostra um lado bem sujo da prática de abuso do poder. Os “pequenos e podres poderes” são experimentados por vários personagens e no final sobra para a pobre Dayse, a moça do café. A RRS Consultoria é um verdadeiro filme de terror. Um chefe louco, sua esposa excêntrica e uma pobre secretária recém contratada pelas promessas quase sempre irreais de um RH bastante convencional.


 


Na cervejaria Santos Bebidas, a rotina e as manias de seu dono – Sr. Santos, que infernizava seus funcionários de forma aleatória. A história acaba com uma catarse geral durante uma reunião entre gerentes e trainees, registrada em vídeo e postado no YouTube. O caso da BS Siderurgia é uma daquelas histórias de final feliz, exceto para o diretor de RH Dárcio Cotta, que implanta um sistema de “Feedback 360º” e perde o seu emprego.


 


A SPTEL é uma empresa de telefones fundada por “Nelson-pai”, que construiu uma fortuna de US$ 300 milhões e que adorava humilhar o filho, Nelsinho, que cuidava da empresa. Até que este aplica um golpe no pai e foge com a mãe para a Suiça. Tranforma-se em “Hebe”, enquanto seu pai acaba despejado de um quarto-e-sala no Largo do Arouche.


 


No 20º andar, fica a sede da Internet Brazil, a maior empresa Online do país. E neste último andar é que, provavelmente, se desenvolve o último capítulo corporativo do nosso autor, “disfarçado” de Guto Corsaro. Ele retrata a relação velada entre empregado e empregador, e os reflexos na carreira do executivo moderno.


 


Beto Ribeiro é muito divertido e até abusado. As histórias podem não ser 100% reais, mas são bem prováveis. Um livro recomendado para quem vive neste ambiente. Bem-vindos ao verdadeiro e desconhecido mundo corporativo. Faça um favor à si mesmo: leia PODER S.A. e divirta-se!


 


“PODER S.A. – Histórias possíveis do mundo corporativo”


  Beto Ribeiro


  MARCO ZERO Editora – 2007 (158 páginas)


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima