O canal para quem respira cliente.

ACSP apresenta sua assistente virtual

Os empresários da capital paulista que procurarem, a partir de agora, atendimento na Associação Comercial de São Paulo (ACSP), por Whatsapp ou site, serão atendidos com muito mais agilidade. A promessa é feita pela entidade após  colocar em atividade sua persona de inteligência artificial, a Ane (Assistente de Negócios do Empreendedor), que deve fazer com que os contatos recebidos se tornem 30% mais produtivos. Anualmente, mais de 150 mil pessoas procuram por informações ou pelos serviços da instituição.

“Agora, poderemos atender mais gente ainda e com muito mais eficiência”, assegura Renan Luiz Silva, responsável pela implantação da assistente virtual da ACSP, que já projeta um aumento no número de atendimento na ordem de 15%. De acordo com ele, a pessoa vai dizer aquilo que precisa e o sistema já vai direcioná-la para o profissional capacitado, o que diminui sensivelmente o tempo de espera. Lembrando que, entre os serviços prestados pela ASCP mais procurados, estão os oferecidos pela Junta Comercial, pelo Portal do MEI (Microempreendedor Individual), consultas do SCPC, assessoria em mediação e arbitragem e o ACSP Legal, direcionado a advogados e contadores que precisam legalizar uma empresa.

A Ane terá capacidade para atender mais de mil chamadas simultâneas. Há estudos feitos pela empresa contratada para a implementação da assistente virtual que apontam: o sistema consegue responder, com eficiência de 95%, cerca de 285 mil perguntas mensais. Segundo Silva, outra grande vantagem da assistente virtual da ACSP é que os contatos realizados fora do horário comercial serão iniciados imediatamente. “No dia seguinte, um profissional que recebeu a solicitação encaminhada pela Ane dará o retorno para cada uma dessas pessoas”. Somente de não associados, a ACSP recebe 120 mil contatos por ano. Em março de 2020, o auge da pandemia, cerca de três mil pessoas por dia procuraram a entidade em busca de auxílio e informações gerais sobre o comércio e prestação de serviços.

O novo aplicativo da entidade, que funcionará em dispositivos móveis como tablets e celulares, também contará com a Ane para fazer o primeiro atendimento. A expectativa é que o app já esteja à disposição de todos no Google Play e na App Store até o fim deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima