Flex aposta em inovações contínuas

0
2


Para otimizar os processos de gestão de clientes, a Flex Contact Center está utilizando discadores automáticos e preditivos, com inteligência e processo de BI integrados e estruturas de operação que levam em consideração o nível de maturidade do cliente na empresa e o nível de maturidade/curva de aprendizado dos profissionais da Flex que atuam na operação. “Temos como foco atender os objetivos do negocio por meio de inovações contínuas, com o devido alinhamento com as estratégias das empresas, somado aos aspectos de segurança nos processos de interação com clientes, e a confiança e comprometimento mútuo”, explica Topázio Neto, presidente da Flex.
 
Para ele, a importância do contato com o cliente é cada vez mais enfatizada nos serviços de atendimento, venda, cobrança e demais necessidades em todos os segmentos do mercado. E cada contato deve buscar uma abordagem direcionada para alavancar os negócios e fidelizar os clientes. Segundo Topázio Neto, essa premissa deve ser considerada em todos os tipos de contato, seja por telefone, SMS, e-mail, chat ou redes de relacionamento.
 
“Disponibilizamos uma plataforma tecnológica para suportar qualquer canal de acesso, e entendemos que o fator chave de sucesso está centrado na qualificação dos teleatendentes e das equipes de suporte, na sua capacidade de empatia com os clientes e prospects, como o principal fator gerador do resultado necessário para atingimento das metas”, declara o executivo.
 
Para que o atendimento seja eficiente, a Flex tem programas permanentes de capacitação e reciclagem dos atendentes. “Os processos de treinamento contemplam os programas de cada serviço prestado, e as reciclagens são direcionadas para os levantamentos efetuados pelo nosso sistema de monitoria interno, cujo programa inclui treinamentos comportamentais. O treinamento é um processo contínuo. Por meio do projeto Evoluir ampliamos a capacidade cognitiva a partir de uma visão de mundo moderna, que é ponto fundamental para que se tenha um bom quadro de profissionais de atendimento, venda ou cobrança”, diz Neto.