Mais que ano promissor, área promissora

0
0
Independente de crise que se instaurou no Brasil, uma área que cada vez mais não pode ser deixada de lado é a de atendimento. Diante das inúmeras transformações pelas quais o mercado vem passando, principalmente o aumento da exigência dos clientes, dar pouca importância para o contact center é correr o risco de perder espaço para a concorrência. Por isso, a Zendesk ainda encara a atividade como uma área com grande potencial no Brasil. “É preciso estar sempre um passo à frente, compreendendo a constante mudança de hábitos dos clientes”, comenta o head de marketing da Zendesk, Marcio Arnecke. Não à toa, o executivo conta que os planos da empresa são de aumentar a oferta de ferramentas digitais para promover o estreitamento das relações entre empresas e seus clientes. Em entrevista exclusiva, Arnecke fala mais sobre o mercado de gestão de clientes e as expectativas para 2017.
Callcenter.inf.br – Qual deve ser o grande desafio das empresas no relacionamento com os clientes?
Arnecke: Dar mais atenção aos clientes, para identificar seus gostos e prioridades, e agilidade para se adaptar, para atender às demandas, que mudam muito rapidamente. É preciso estar sempre um passo à frente, compreendendo a constante mudança de hábitos dos clientes. Enfim, precisamos compreender essas mudanças e saber agir rapidamente para não perder o bonde. Para tanto, é preciso se manter atualizado sobre o mercado, acompanhando sempre de perto o consumidor, saber que o consumidor se adapta muito rapidamente e, por fim, ter sempre em mente que hábitos perecíveis vieram para ficar.
O que devemos ver como tendências em tecnologia nesse ano?
Nossa aposta é no desenvolvimento da inteligência artificial para agilizar os processos estratégicos das empresas, estreitando as relações entre elas e os consumidores. Inclusive, dentro disso, nosso sistema tem como base inteligência artificial porque sabemos que, ao lapidar esse recurso, seremos capazes de reduzir os erros e potencializar a inteligência por trás dos processos de relacionamento.
O que espera para o mercado de tecnologia de gestão de clientes?
Nós da Zendesk acreditamos que o mercado em 2017, no Brasil e no mundo, seja uma área promissora, cujo potencial de expansão pode ser mensurado ao acompanharmos o movimento crescente de jovens empreendedores e de empresas já consolidadas que têm desbravado as oportunidades oferecidas pelo mercado.
Quais são os planos da sua empresa para 2017?
Os planos da Zendesk são de aumentar a nossa oferta de ferramentas digitais para promover o estreitamento das relações entre empresas e seus clientes. Por isso, a Zendesk trabalha e investe em pesquisa intensamente para aprimorar seus sistemas e, dessa maneira, poder oferecer ferramentais digitais cada vez mais eficientes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorZuckerberg 2020?
Próximo artigoComunicação é um dom