PrimeSys assume Help-desk da ABB

0
11

A ABB (Asea Brown Boveri), empresa de tecnologias de energia e de automação, escolheu a PrimeSys para a prestação do serviço de Help-desk, que engloba o atendimento a questões de TI, a todas as localidades da ABB no Brasil, em regime 24×7. A PrimeSys será responsável por uma abrangente prestação de serviços de Help-desk em 1º e 2º níveis, incluindo entrada de dados, tracking, feedback, dispatching, controle de inventário, back-office, atendimento VIP, pesquisa de satisfação de usuários e distribuição de software, constituindo-se em um único ponto de contato para todos clientes internos de TI da ABB.
O processo de transição foi iniciado em junho e deve ter a duração de três meses, período em que a PrimeSys irá absorver parte dos profissionais da área de TI da ABB. Os serviços de Help-desk serão efetuados em uma composição de suporte local e remoto, e serão aplicadas métricas inovadoras para medição do serviço prestado, que não se baseiam em números de chamados abertos mas sim na demanda por serviços. Desta forma, a PrimeSys estará sempre contribuindo para uma gradativa redução de custos e aumento de produtividade ao longo de todo o contrato.
“Trata-se de um ambiente bastante complexo e de alta tecnologia, espalhado por nove sites principais e mais de trinta sites secundários. O processo de transição tem que garantir a disponibilidade dos serviços, sem prejuízo dos trabalhos”, explica Paulo Pessoa, diretor de Marketing e Novos Negócios da PrimeSys.
Em setembro, do ano passado, a PrimeSys apresentou o projeto à ABB, em atendimento à uma RFI – Request For Information, e em outubro recebeu a RFP – Request for Proposal. “Nesta etapa percebemos que estávamos no caminho certo, pois algumas das sugestões que fizemos na apresentação de setembro foram incluídas na RFP. O projeto foi um grande desafio, pois a ABB já tinha uma estrutura bastante enxuta e sabíamos que, neste caso, além de trazer inovações de tecnologia, deveríamos também apresentar uma redução de custos”, comenta Pessoa. O vice-presidente e CFO da ABB, José Caetano da Silva, concorda com a afirmação de Pessoa e acrescenta que, além da redução de custos, a vantagem principal para a ABB é manter o foco no negócio.
Para chegar a esta conquista, a PrimeSys competiu com 14 das maiores empresas do mercado de TI. “Trata-se de uma conquista de grande importância, pois mostra a capacidade da PrimeSys em concorrer em igualdade de condições com as maiores empresas do setor”, conclui António Gaspar, presidente da PrimeSys.