ACEG lança o cartão do trabalhador de baixa renda

0
1

A Associação Comercial do Guarujá (ACEG ) está lançando um sistema que facilita o acesso a crédito para trabalhadores de baixa renda do Município do Litoral Norte paulista. Trata-se do Guarujá Card, um cartão de crédito que permite aos funcionários de empresas filiadas à ACEG, gastar até 30% de seu salário em estabelecimentos comerciais da cidade, com fatura descontada em folha de pagamento. A 7COMm, empresa especializada em sistemas de captura de transações e transferência eletrônica de dados, também entrou na parceria tecnológica. O objetivo da entidade é estimular o comércio na cidade, aumentando o volume de negócios de seus associados, que ainda têm garantia de pagamento.
Além disso, o cartão de adiantamento é uma alternativa para quem não têm acesso a esta modalidade de crédito, principalmente em virtude dos custos operacionais das administradoras, e resolve problemas como a migração do consumo para cidades vizinhas, garantindo arrecadação para o município.
A regulamentação das operações de consignação em folha de pagamento pelo Governo Federal criou oportunidades para o desenvolvimento de convênios que permitissem gastos no cartão com desconto diretamente no salário. “Com base nessa regulamentação e nos objetivos da ACEG, foi criado o Guarujá Card, um cartão fornecido pelas empresas, que permite que seus funcionários façam compras nos estabelecimentos credenciados, a serem debitadas na folha de pagamento”, explica Pedro Luis Domingos, superintendente da unidade de negócios de cartões e URA da 7COMm, responsável pela implementação do sistema.
O Guarujá Card, que compreende os terminais para captura de transações locados aos lojistas e os cartões fornecidos aos usuários, tem tecnologia 7COMm e é baseado no produto Cliente Bom. “Trata-se de uma solução de baixo custo que confere agilidade e segurança às transações efetuadas. A experiência de sucesso com a ACEG sinaliza um mercado em potencial para os cartões de fidelidade, segmento cuja tecnologia a 7COMm já domina”, diz Domingos.