O canal para quem respira cliente.

Banco Original personaliza comunicação no app

Juliana Sandano, superintendente executiva do ciclo de vida do cliente do Banco Original

Lab de performance utiliza plataforma Firebase, do Google, para mapear comportamento, segmentação e interação real time com clientes

O Banco Original anunciou que, com o intuito de ampliar o potencial de suas ferramentas e inovar na interação com os clientes, traçou uma estratégia usando seu Lab de Performance, ambiente colaborativo e de testes. Através da tecnologia Google Firebase, o time personalizou as interações real time dentro do aplicativo, considerando o perfil e a jornada do cliente. Com pouco mais de seis meses de atuação, a conversão média das campanhas aumentou 35%. Por exemplo, as interações para incentivo ao uso de cashback tiveram um incremento de 42% e para recarga de celular 53%.

“Alinhando os objetivos de negócio à jornada e experiência do usuário dentro do app, além  do Firebase – plataforma de desenvolvimento para dispositivos móveis do Google -, o lab utiliza dados on-line e off-line e segmentação do perfil para realização de comunicações direcionadas, isto é, de acordo com padrões de navegação dentro do aplicativo. O entendimento de todas as etapas permite ainda que o lab, por meio de testes, tenha insights relevantes e inovadores na relação com os clientes”, detalhou Juliana Sandano, superintendente executiva do ciclo de vida do cliente do Banco Original.

De acordo com a executiva, “ter centralidade no cliente é cada vez mais atuar de maneira contextualizada com esse usuário. De forma simples, é ter o conteúdo e oferta certos, para o cliente certo, na hora certa. A atuação do lab e, em especial, o uso da tecnologia Firebase, permitem exatamente isso: entender o momento de cada usuário. Estamos muito satisfeitos com os resultados obtidos: qualitativos e quantitativos”.

Em comparação com outras campanhas de CRM, as interações real time apresentam o dobro de conversão de clientes. “Tivemos uma campanha focada nas mídias sociais do banco e os resultados também foram expressivos, com cerca de 180% de aumento do consumo do conteúdo no Instagram”, finalizou Juliana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima