Encontra investe R$3 milhões em novos produtos

0
2

A Encontra S/A projeta investimentos de R$ 3 milhões para 2004 com o objetivo de se especializar em Inteligência da Informação. Empresa desenvolveu um portal (www.encontra.net), que fornece informações para consultas, compra ou encomenda de mailing personalizado e análise de risco de pessoas físicas e jurídicas. Com a criação deste conceito, a Encontra desenvolveu uma nova concepção tecnológica, que passou pela criação de novos produtos que serão implementados ao longo deste ano.
O primeiro deles é o Encontra Corporate, voltado para empresas nacionais e estrangeiras que buscam informação qualificada para amparar suas decisões de investimento no Brasil. Serão oferecidas informações sobre a estrutura governamental e burocrática do país, análises setoriais e macro-econômicas e dados estatísticos além de orientação econômica e legal para investidores estrangeiros. “Com este novo conceito de Inteligência da Informação a Encontra poderá atender de forma mais completa às necessidades das empresas na busca, tratamento, gerenciamento e uso de informações pertinentes ao seu ramo de atividade” explica Bernardo Wolak, CEO da empresa.

Para o executivo muitas empresas, por exemplo, não conseguem transformar os muitos dados coletados junto aos clientes ao longo dos anos em informação inteligente, que realmente se torne uma vantagem competitiva e estratégica. “A partir da competência que desenvolvemos ao oferecer uma ferramenta séria e confiável para a obtenção de informações cadastrais através do portal, pudemos enxergar com muita clareza que nossa vocação extrapolava para um novo campo onde nosso papel é ser o braço de gerenciamento das informações de nossos clientes” afirma Wolak.
O Encontra Corporate pretende fornecer informações econômicas e governamentais qualificadas que possam embasar as decisões das empresas sobre investimentos e permitir um conhecimento mais amplo sobre o país. “Mais que melhorar nossa performance junto aos clientes, passamos também a funcionar como um elemento de desenvolvimento econômico,” finaliza Wolak.