Hospital com jeitinho de hotel

0
9


O Hospital Sírio-Libanês acaba de firmar contrato com a divisão de saúde da GRSA, empresa de serviços de alimentação, pertencente ao Grupo Accor e Compass Group, com o objetivo de inovar a alimentação oferecida aos clientes. As novas opções oferecidas pela empresa foram criadas com exclusividade para suprir as necessidades de todos os públicos do hospital.

Entre as novidades, destaque para o cardápio do restaurante social do Hospital, que agora passa a ser assinado pelo renomado chef Patrick Ferry, do Hotel Sofitel – Grupo Accor. O restaurante pode ser utilizado pelo corpo clínico, pacientes sem restrições de dieta, visitantes e acompanhantes. Além disso, as instalações do restaurante para funcionários foram reformadas, criando um ambiente mais moderno e aconchegante para os usuários.

A GRSA também será responsável pela gestão de compras das matérias-primas utilizadas para o preparo dos alimentos. “O conceito de terceirização traz economias efetivas aos hospitais, pois há uma série de custos invisíveis nem sempre detectados”, afirma José Carlos Lucentini, diretor da divisão de saúde e infra-estrutura da GRSA.

A superintendente de Hotelaria do Hospital Sírio-Libanês, Márcia Caselato, explica que a terceirização dos serviços de alimentação faz parte de um amplo trabalho desenvolvido pelo Hospital Sírio-Libanês para a implementação do conceito hospitalidade. “Nosso objetivo é tornar o ambiente hospitalar cada vez mais parecido com o de um hotel, com suas comodidades e atendimento personalizado”, afirmou Márcia.