Marketing de incentivo deve ser regulamentado

0
0



O setor de marketing de incentivo conquistou uma vitória em Brasília. O Projeto de Lei nº 6.746/06, que visa dar respaldo institucional à atividade, foi aprovado por unanimidade pela Comissão Trabalhista e Previdenciária da Câmara dos Deputados. O Projeto de Lei, de autoria do Deputado Júlio Redecker (PSDB/ RS) – falecido no último acidente aéreo, em São Paulo -, tem como próximo passo a avaliação da Comissão de Finanças e Tributação.


“Esta primeira vitória sinaliza que a regulamentação e consolidação da atividade no Brasil está caminhando a passos largos. As empresas brasileiras precisam aumentar a produtividade para se tornar mais competitivas num cenário mundial cada vez mais agressivo, devido à globalização dos mercados, a exemplo do que já ocorre na Europa e nos Estados Unidos”, afirma Edmundo Monteiro de Almeida, sócio da People Mais e vice-presidente da Ampro (Associação de Marketing Promocional). Segundo Edmundo, o marketing de incentivo, em conjunto com o marketing promocional, é um mercado em franca expansão e deve experimentar um crescimento de cerca de 15% em 2007.