O Boticário centraliza gestão das lojas

0
2


Desde seu início, em 1977, como uma pequena farmácia de manipulação em Curitiba, O Boticário sempre visou aprimorar a beleza e o bem-estar dos clientes. Hoje, com uma diversificada linha de produtos, a empresa é uma das maiores redes de franquias de perfumaria e cosméticos. Apenas no Brasil, O Boticário possui cerca de 2.400 lojas, marcando presença em todo o território nacional. Para gerenciar de forma centralizada esses pontos de vendas, seus 3.000 computadores e, ao mesmo tempo, reduzir gastos com paradas no sistema e manutenção, a matriz brasileira optou pela adoção das soluções Management Suite e Security Suite, da LanDesk Software, fornecedora de software integrado para gerenciamento de desktops, dispositivos e segurança.

Antes da implantação dessas soluções, cada ponto de vendas era responsável pela aquisição de um desktop no mercado local e também pela instalação do software de automação comercial, homologado pelo O Boticário. A diversidade de modelos de computadores e a contratação, por loja, de diferentes prestadoras de serviços ocasionavam inúmeras dificuldades na identificação e resolução de problemas, resultando, muitas vezes, em um alto custo e atraso do suporte técnico. “Não existia um meio efetivo para manter a estabilidade, consistência e disponibilidade dos dispositivos críticos dos pontos de venda”, ressalta Cesar Luiz Panisson, gerente de infra-estrutura tecnológica do O Boticário.

Desta forma, a utilização de solução de gerenciamento se tornou ainda mais necessária, uma vez que cada loja da rede depende de seu computador para efetuar transações, iniciar e acompanhar pedidos de compras, receber comunicações corporativas e executar uma série de operações comerciais críticas. “Agora com as soluções da LanDesk, é possível gerenciarmos a distância e de forma pró-ativa todos os computadores da rede. Isso mantém as vendas em ritmo acelerado e viabiliza o funcionamento sem interrupções das lojas, pois quando um desktop pára de funcionar, todo o processo de vendas da loja é drasticamente afetado”, destaca Cesar. Para isso, a rede recorreu ao Grupo Sofhar, expert solution provider local da fornecedora.

Como resultados, a rede de perfumaria e cosméticos notou mais agilidade no suporte técnico e uma significante redução dos custos com terceirização. “Com o antigo sistema, às vezes, era preciso esperar durante horas ou dias até que um técnico pudesse atender à loja e solucionar o problema. Os custos eram elevados não apenas pela manutenção, mas também pelas vendas que deixavam de ser realizadas, devido à interrupção das operações. Hoje fazemos tudo remotamente e só mandamos uma técnico ao local quando o computador apresenta problemas físicos”, lembra o gerente.

Além da redução de tempo com o suporte técnico, as soluções permitiram detectar potenciais problemas antes mesmo da ocorrência. “Recebemos alertas em tempo real sobre tudo o que ocorre em nossos computadores. Por meio desse sistema podemos identificar um possível defeito no disco de uma das máquinas ou, ainda, a carência de espaço livre. As soluções viabilizam a substituição de equipamentos e softwares sem a perda de dados e interrupções nas lojas”, diz o gerente. Efetuar atualizações e instalar aplicativos em cada um dos computadores também ficou mais fácil após a adesão. Antes da implementação, esse processo demorava cerca de 90 dias, sendo que hoje a equipe de TI do O Boticário realiza essa tarefa simultâneamente nas 2.400 lojas em apenas um dia. Outra vantagem é a recuperação de dados em caso de pane em um dos computadores dos pontos de vendas.

Em paralelo, O Boticário encontrou uma utilização inédita para o recurso de monitoramento de uso de software. A empresa o utiliza para medir a audiência dos comunicados corporativos que transmite regularmente aos franqueados e funcionários, em seus programas digitais. “Esses mesmos programas são utilizados também para o treinamento de funcionários que ocorrem ocasionalmente”, observa o gerente.