O canal para quem respira cliente.

O novo perfil dos shoppers no Brasil

Ricardo Moura, diretor de Soluções da GfK no Brasil

Estudo da GfK mostra que a jornada do cliente mudou, criando sete segmentos audiências

No Brasil há, agora, sete perfis de consumidores: o receptivo digital, entusiasta em marcas, o agnóstico de marca, tradicional de baixo valor, o pragmático, o buscador de lojas e o comprador de alto valor. Cada um deles tem uma jornada de compras e impactam diretamente nos resultados de mercado. A conclusão faz parte de estudo divulgado pela GfK, consultoria de inteligência de consumidor e mercado. “Esses segmentos de shoppers não são mais apenas compradores, mas sim uma audiência. Nos últimos anos acompanhamos uma transformação significativa no comportamento dos consumidores e, hoje, conseguimos traçar esse novo perfil, trazendo suas preferências de produtos e estilo de aquisição”, destaca Ricardo Moura, diretor de Soluções da GfK no Brasil.

O estudo destaca dois perfis – o receptivo digital, que tem 27% da representatividade e o agnóstico de marca com 14%. Eles fazem uma jornada totalmente oposta na hora da compra e enquanto o primeiro é majoritariamente atraído por um anúncio on-line (100%) de um lançamento, criando o desejo e efetivando a compra. Enquanto o segundo não é impactado por publicidade, fazendo uma busca detalhada pelo melhor preço e especificações técnicas para fazer a substituição de um item por necessidade (58%).

O tempo e a motivação para a substituição também são características específicas na visão desses consumidores. 58% dos agnósticos de marca compram por necessidade de troca e 46% fazem isso após seis anos de uso, já os receptivos digitais, 18% tiveram o upgrade como motivador de uma compra e 16% fizeram essa substituição com 1 ou 2 anos de uso.O estudo completo está disponível para download neste link.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima