Olhar muito além dos negócios

Diretora da Toyota fala sobre as novidades em mobilidade e sustentabilidade que visam surpreender os clientes

0
21
Viviane Mansi, diretora de comunicação e sustentabilidade da Toyota
Viviane Mansi, diretora de comunicação e sustentabilidade da Toyota

A indústria automotiva, pelo menos no que tange às preocupações da Toyota, deve ir muito além de conquistar e cativar consumidores. Seus engenheiros e especialistas em tecnologia se debruçam sobre temas tais como economia de combustível, ecologia, diminuição de acidentes e, num extremo conceitual, na criação de cidades em que o fluxo do trânsito se torne um elemento de constituição que favoreça públicos específicos. Esses e muitos outros detalhes foram compartilhados, hoje (24), por Viviane Mansi, diretora de comunicação e sustentabilidade da Toyota, ao longo da 210ª live da série de entrevistas dos portais ClienteSA e Callcenter.inf.br.

Uma exceção dentro da Toyota, organização na qual as pessoas costumam desenvolver uma carreira longeva – da juventude à aposentadoria -, a executiva é uma recém-chegada, com menos de três anos fazendo parte do quadro de lideranças. Porém, já aprendeu a expressão nipônica que caracteriza a meta da empresa: “omotenashy”, que pode ser traduzida por demonstrar que se importa com alguém de verdade. Não à toa, o que mais a impressionou na Toyota foi a preocupação em entregar algo que vai além do presente, mas uma solução que aponta também, e principalmente, para as futuras necessidades dos clientes, com uma preocupação em termos de qualidade, segurança e durabilidade. “Somos isentos de erros? É evidente que não, mas a obsessão da nossa engenharia é que o produto seja entregue para ultrapassar a expectativa do consumidor ao longo dos anos.” De acordo com a diretora, a atenção em relação à qualidade dos produtos envolve a todos e isso é verificado todos os meses, sem falhar.

Da mesma forma, há um olhar profundo para o futuro voltado à questão da mobilidade. Nesse sentido, foi criada a Kinto, resultado de uma parceria entre Toyota, Mitsui e Banco Toyota. “Ela possibilita alugar um carro para necessidades específicas e testes, ou até mesmo para pequenas frotas. Por exemplo, nessa experimentação, está ganhando grande evidência nossa nova versão do Corolla híbrido com energia elétrica. As pessoas querem testar a nova versão antes de tomarem suas decisões. Trata-se de um carro elétrico que dispensa a tomada. O motor se auto-carrega com o uso. O futuro aponta nessa direção de surpreender o cliente a partir de um teste.”

Abordando as experiências da organização no sentido mais amplo, voltado para as cidades, a executiva detalhou a criação da Woven City, uma cidade aos pés do monte Fuji, que divide a locomoção em quatro critérios: o dos pedestres, a dos veículos de baixa velocidade, as vias expressas e fluxo subterrâneo, que visa atender aos clientes de maneira mais rápida. Uma cidade inicialmente pensada para duas mil pessoas, em sua maior parte os mais idosos. Aprofundando as reflexões nessa área, Viviani explicou que a tecnologia virá a complementar as atividades e não substituir. Quando se pensa em robôs, nos desenvolvimentos feitos na Toyota, salientou, trata-se de auxiliar idosos na faixa de 90 anos para cima. Essas são as perspectivas. E envolve o carro autônomo com a meta de zero acidentes de trânsitos. Sem falar no conceito já em andamento na Europa, é que é o do carro à base de hidrogênio, devolvendo um ar mais limpo.

Chegando ao encerramento do bate-papo, a executiva destacou ainda uma novidade que a organização criou há um mês, abrindo nada menos que 24 mil patentes no sentido de incentivar pesquisas tecnológicas em favor do futuro da mobilidade. E encerrou com detalhes de tudo o que envolve a preocupação da indústria com a customização do público apaixonado e consumidor da produção automotiva. O vídeo com o debate na íntegra está disponível em nosso canal no Youtube, o ClienteSA Play, junto com as outras 209 lives feitas desde março de 2020. Aproveite para também se inscrever. A série de entrevistas terá sequência amanhã (25), recebendo Fabiana Polido, diretora comercial da Omega Energia; e encerrando a semana debatendo a realidade e perspectiva de CX em nível global, o “Sextou?” reunirá Ladislau Batalha, CEO do LAB Expert e João Pedro Sant’Anna, CEO da SellersFlow.