Pizza Hut e hellofood se unem

0
1
Sabendo pela paixão paulistana pelas pizzas, a Pizza Hut firmou parceria com o hellofood, para criar um novo aplicativo de pedidos de Delivery e To Go (retirada de produtos nos balcões para viagem) na região da Grande São Paulo. A união tem como objetivo explorar o potencial do mercado de delivery no Brasil, já que segundo estimativas da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o delivery movimentará cerca de R$ 9 bilhões em 2015 no País, R$ 1 bi a mais em relação a 2014. 
PIZZA HUT SÃO PAULO
Com a ferramenta, o cliente pode visualizar todas as opções do cardápio, preços e montar um pedido da forma que for mais conveniente a ele. Para fazer o pedido é muito simples. Primeiro o usuário baixa o app Pizza Hut São Paulo, depois escolhe entre os produtos, opta pelo Delivery ou pela retirada no Balcão para Viagem de alguma das unidades distribuídas na Grande São Paulo e, por fim, efetua o pagamento. Além disso, é possível realizar o pedido em trânsito e passar no restaurante escolhido só para retirar o produto. O cliente que preferir, também pode fazer o pedido diretamente pelo site da Pizza Hut.
“O novo aplicativo tem um papel muito importante como ponto de contato com o consumidor. Hoje, nossas vendas de Delivery e Balcão para Viagem chegam a representar 10% do nosso faturamento. Com a parceria, a expectativa é que as vendas aumentem em 50%.”, declara Jorge Aguirre, franqueado responsável pelas unidades da Pizza Hut na Grande São Paulo. 
Segundo o CEO do hellofood Brasil, Marcelo Ferreira, um grande ideal de ambas as empresas foi fundamental para concluir a parceria: oferecer um serviço prático ao cliente. “O hellofood está em uma busca constante para oferecer inovações ao usuário e enxergamos que essa, também, é a intenção da Pizza Hut SP. Nossa participação mobile aumentou bastante nos últimos meses e por isso desenvolvemos novas ferramentas de uso para esta plataforma. Temos plena capacidade de atender a base de usuários da Pizza Hut em São Paulo com o melhor da nossa tecnologia”, comenta o executivo.