TecBan amplia segurança do Banco24Horas

0
21

A Tecnologia Bancária (TecBan), que há 20 anos viabiliza a realização de operações financeiras fora das agências bancárias por meio do Banco24Horas, está ampliando as camadas de comunicação e segurança de seus caixas eletrônicos, as chamadas ATMs (Automated Teller Machine). Para proteger melhor a transmissão de dados das transações bancárias, a companhia adotou a tecnologia da Open Communications Security. “Precisávamos de uma solução de segurança proprietária e que fosse inserida diretamente no software utilizado nas ATMs”, explica Carlos Yuji Wako, diretor de Tecnologia da Informação (TI) da TecBan.

De acordo com Carlos Alberto Barros Costa, presidente da Open, a solução desenvolvida para o Banco24Horas inclui o desenvolvimento de uma camada de comunicação, (responsável pela migração do protocolo X.25 para TCP/IP) que permite a conexão das ATMs com o servidor central da TecBan e uma camada de segurança (módulo de proteção lógica da ATM com criptografia no transporte de dados das transações). “Como o TCP/IP é o mesmo protocolo usado na internet, houve a necessidade de desenvolvermos uma camada de segurança que fosse adicionada à camada de comunicação das ATMs e no tratamento de regras para o negócio das instituições financeiras. Assim, garantimos a autenticidade dos caixas eletrônicos e agregamos valor ao negócio da TecBan”, afirma o executivo.

Wako diz que, atualmente, o projeto está em fase piloto. “Estamos testando todas as mudanças dos sistemas, inclusive de segurança, para a melhor adequação dos negócios da TecBan. Até dezembro aplicaremos os novos sistemas para cerca de 130 ATMs e pretendemos, até meados de 2005, estar com os 3,6 mil caixas eletrônicos em pleno funcionamento”, frisa o executivo.