TJ paulista cria centro de conciliação

0
1



O Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo inaugurou no final de semana passado um centro de solução de conflitos para viabilizar o fechamento de acordos principalmente em processos sobre relações de consumo.


O centro cuidará de causas relacionadas a bancos, convênios médicos, administradoras de cartões de crédito, operadoras de telefonia, empresas de financiamento habitacional e associações de estabelecimento de ensino, entre outras.


As atividades de tentativa de conciliação abrangerão processos que já tiveram uma sentença em primeira instância e agora estão no tribunal, após a apresentação de recursos.


Empresas que possuem muitas causas no TJ poderão indicar ao centro processos nos quais há maiores chances de solução amigável entre as partes.


Segundo a assessoria do tribunal, essa medida já foi testada no ano passado e levou a um percentual de acordos de 40% nas ações. Em média, o índice de conciliação em causas do TJ é de 25%.


O setor contará com uma equipe de 20 conciliadores, 20 escreventes e mais um grupo de estagiários.


A criação do órgão ocorre em cumprimento à Resolução nº 125 de 2010 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que determina a estruturação de setores de conciliação judicional nos tribunais do País. 

 

 

Local: Fórum João Mendes Jr (praça João Mendes s/n, centro de São Paulo)

 

Horário: de segunda à sexta, das 9 às 19h

 

Telefone: (11) 2171.6000