Febracom está a caminho…

0
4

O setor de telecomunicações ampliará sua representatividade junto ao conjunto da sociedade brasileira através da Febracom (Federação Brasileira de Telecomunicações). A criação da entidade foi proposta no dia 10 de março em São Paulo em um encontro, realizado por iniciativa do Sinditelebrasil (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal) e do Sinstal, reunindo várias lideranças sindicais patronais ligadas ao setor de telecomunicações em diversos estados brasileiros. Os representantes das entidades aceitaram unanimemente a sugestão do presidente do Sinditelebrasil, Luiz Alberto Garcia, pela estruturação da Febracom.
Entre os objetivos básicos da nova entidade, estão o maior poder de articulação política junto ao executivo e legislativo; a capacidade de representação da categoria em questões jurídicas, principalmente nas áreas tributárias e regulação do setor; a influência permanente para a modernização do conjunto de regras e leis trabalhistas; a constituição de uma plataforma de benefícios e procedimentos corporativos para os sindicatos que se tornem filiados; a maior possibilidade de coordenar ações assistenciais; e o aumento da visibilidade e influência do setor junto à mídia. A Febracom deverá proteger e coordenar os interesses comuns entre os sindicatos integrantes, além de harmonizar a conduta e o relacionamento entre estas entidades.
Durante o encontro, foi criada uma comissão de elaboração da proposta do estatuto da Febracom, formada por representantes das entidades presentes e coordenada pelo advogado Cícero Domingos Penha, especialista em Direito Coletivo do Trabalho e um dos responsáveis pela organização do Sinditelebrasil. A sede da futura federação deverá ficar localizada provisoriamente no Rio de Janeiro, no mesmo endereço da sede da Telebrasil.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFormação de supervisores
Próximo artigoJusta mobilização