Índice de inflação na Internet cai 0,31%

0
2



Confirmando a deflação predominante no ano, o e-Flation de dezembro registrou índice negativo de 0,31%, apesar da alta nos preços de seis das dez categorias pesquisadas. Mesmo com a variação negativa, o índice de inflação da Internet apresenta aumento de 2,66% pontos percentuais em relação à deflação registrada em dezembro de 2007, de 2,97%. O indicador, desenvolvido pelo Provar – Programa de Administração do Varejo, da Fundação Instituto de Administração, em parceria com a Felisoni Consultores Associados, tem a proposta de monitorar as variações dos preços de produtos adquiridos on-line.

 

Para o coordenador geral do Provar, Cláudio Felisoni de Angelo, a deflação apurada no período foi influenciada por variações negativas, principalmente, em livros, que sentiu as promoções para o Natal. Os valores da categoria foram os que apresentaram a maior queda no mês, de 6,39%, seguidos de eletroeletrônicos e cine e Fotos, que tiveram deflação de 3,71% e 1,87%, respectivamente. Na seqüência aparece o grupo eletroportáteis, com 0,69%. Por outrolado, o e-Flation apontou inflação nos grupos perfumes e Cosméticos, 8,80%; brinquedos, 4,31%; telefonia e celulares, 1,88%; linha branca, 1,76%; informática, 1,70%; e Cds e DVDS, 0,05%.