Aproveite. Ainda dá tempo de inscrever seu case

O canal para quem suspira cliente.

São Paulo, Brasil - 29 de fevereiro de 2024, 18:36

Sergio Chaia assume como CEO da Unico no Brasil

Sergio Chaia

Diego Martins deixa a presidência para ser CTO Global. Ambos responderão para o Conselho, atualmente formado por representantes do General Atlantic, SoftBank e Goldman Sachs

A Unico anunciou mudanças no comando da empresa, nomeando Sergio Chaia como CEO Brasil. Diego Martins, fundador e atual CEO, passará a atuar como CTO Global, posição que permitirá ao executivo focar toda sua experiência no processo de internacionalização da companhia e na viabilização de uma ID global. O executivo também segue como presidente do conselho da empresa.

“Nos próximos três a cinco anos, o tema de identificar o usuário no mundo das redes sociais e do uso da inteligência artificial vai acontecer. Ou porque as empresas proativamente vão fazer isso para evitar vários problemas, como golpes e fraudes, ou os governos vão começar a regulamentar. O próprio Brasil já tem no projeto de lei de fake news uma parte em que o Banco Central diz para os bancos e fintechs ser necessária uma identificação segura do usuário que está entrando naquele ambiente digital. Por isso, existe uma janela de oportunidade, agora global, não só no Brasil, que é ser essa infraestrutura de identidade para os cidadãos se conectarem nesse mundo online de forma segura”, afirmou Martins.

Sérgio Chaia, ex-CEO da Nextel e da Sodexo, mentor de CEOs e conselheiro de administração de grandes empresas, assume como CEO da operação brasileira a partir de 06 de fevereiro com a missão de acelerar o crescimento, focando na evolução contínua do negócio. Acompanhando a Unico há oito anos, Chaia já atuava como advisor do negócio e, desde o ano passado, estava muito próximo do dia a dia dos times de Vendas, Marketing e de Produto.

“Trata-se de executivo que tem uma experiência consistente e um sólido histórico de liderança estando à frente de grandes empresas. Indicá-lo ao cargo de CEO foi um caminho natural. Por conhecer profundamente nosso negócio e por toda sua expertise, dará continuidade ao trabalho já em curso, ampliando a seniorização dos times e adotando as melhores práticas de governança corporativa para fortalecer a cultura e as entregas da companhia”, destacou Martins.

A transição na liderança já estava prevista na estratégia para 2024 e tem como motivador a busca por posicionar a empresa como uma big tech que oferecerá uma identidade global para as pessoas serem cidadãs do mundo e não somente locais. “Queremos tornar a Unico a maior infraestrutura de Identidade Digital confiável para qualquer pessoa no mundo”, concluiu o executivo. 

O movimento de reinvenção da companhia, mesmo apresentando uma trajetória de crescimento, liderança e inovação, é uma marca da Unico, que em 2016, também realizou mudanças de trajetória justamente para dar um novo salto de crescimento e evolução. Hoje são mais de 800 empresas na carteira, o que a aproxima de ser a empresa de tecnologia B2B mais valiosa da América Latina. 

Em 2023, a Unico lançou dois novos produtos ao mercado: Unico IDPay e ID Unico. Somente em seis meses, o Unico IDPay já processou mais de 1.5 bilhão de transações de cartão de crédito, validando identidade e no banco emissor para prover 100% de segurança. Já o ID Unico revolucionou o mercado de autenticação por ser uma solução que entrega 100% de assertividade na resposta e já sendo usada por duas das três empresas mais valiosas no setor financeiro e varejo da América Latina.

“Agora queremos dar um novo passo para o futuro da companhia e levar a Unico a outros patamares de escala e relevância global. Queremos evitar a sensação de estabilidade, de viver do que plantamos no passado e manter nossa capacidade de inovar e elevar a barra do mercado”, afirma Sergio Chaia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima